Sequência de jogos preocupa, e Grêmio pode mexer na lateral contra o Monagas

Em meio aos dois jogos decisivos do Gauchão contra o Brasil de Pelotas, o Grêmio tem um compromisso importante pela Libertadores nesta quarta-feira, a partir das 19h15, na Arena, contra o Monagas. Como apenas empatou na estreia em 1×1 com o Defensor, fora de casa, a vitória é fundamental para os planos do atual campeão, que poderá ter mudanças na equipe.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Grêmio

Uma delas diz respeito à lateral-direita, na qual o experiente Léo Moura, 39 anos, pode ser um dos poupados pelo técnico Renato Gaúcho. Ainda que esteja relaciondo, Léo já saiu no intervalo do jogo de domingo – 4×0 sobre o Brasil de Pelotas – e tem presença incerta na quarta. Sem ele, Renato escalaria normalmente Madson.

Outra dúvida é sobre a utilização do goleiro Marcelo Grohe. Em grande fase, ele sentiu dores musculares nas costas no início dessa semana e pode dar lugar a Paulo Victor.

Apesar de pregar respeito ao adversário, o Grêmio sabe que o Monagas não está entre as principais forças do continente. A equipe é somente a 16ª colocada da Liga Venezuelana, entre as 18 participantes, e vem de quatro empates seguidos. Na Libertadores, perdeu a rodada inicial em casa para o Cerro Porteño.

Veja os relacionados para Grêmio x Monagas:

Goleiros: Marcelo Grohe e Paulo Victor
Laterais: Léo Moura, Cortez e Madson
Zagueiros: Geromel, Kannemann, Paulo Miranda e Bressan
Volantes: Maicon, Arthur, Jailson, Cícero e Michel
Meias: Ramiro, Thonny Anderson, Maicosuel e Alisson
Atacantes: Luan, Everton, Jael e Hernane

A provável escalação tricolor tem: Marcelo Grohe (Paulo Victor); Madson, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Arthur, Ramiro, Luan e Everton; Jael.

LEIA MAIS:

Com assistência até de letra, Jael rouba a cena em goleada do Grêmio

Zagueiro do Brasil se revolta com árbitro: “O Daronco acabou com a partida”

Renato dispara contra procurador do TJD: “Não tenho culpa se os colorados estão sofrendo”