Flamengo dispara contra arbitragem polêmica no Brasileirão e pede árbitro de vídeo

A tecnologia do VAR que analisa lances polêmicos no futebol voltou à tona logo na rodada de abertura do Brasileirão durante o empate entre Vitória e Flamengo.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Marcos Paulo Rebelo/CBF

O lance inicial definiu muito do que se tornou o jogo depois pela própria expulsão que condicionou um pouco o jogo. É preciso repensar a questão do árbitro de vídeo pois ajudaria e nesse caso ninguém sairia precipitado. Ele foi infeliz nas decisões, mas não há o que fazer agora“, comentou Mauricio Barbieri, técnico interino do Flamengo.

Barbieri refere-se ao cartão vermelho aplicado para Éverton Ribeiro aos 9min de jogo. Além da expulsão, o lance originou o gol de empate do Vitória em pênalti convertido por Yago .

Em fevereiro, um conselho técnico na sede da CBF vetou a implantação do árbitro de vídeo. Representantes dos 20 clubes da Série A participaram da reunião e o principal motivo pelos que reclamaram é econômico. Segundo informações, a tecnologia custaria cerca de R$ 20 milhões para os 380 jogos do campeonato.

VOTAÇÃO PARA TECNOLOGIA VAR NO BRASILEIRÃO
A favor: Flamengo, Botafogo, Bahia, Chapecoense, Palmeiras, Grêmio e Internacional
Contra: Corinthians, Santos, América-MG, Cruzeiro, Atlético-MG, Atlético-PR, Paraná, Vasco, Fluminense, Sport, Vitória e Ceará
Não votou: São Paulo

FICHA TÉCNICA – Vitória x Flamengo
Data e horário: Sábado (14), às 19h (de Brasília)
Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador-BA
Arbitragem: Wagner Reway, Fabio Rodrigo Rubinho, Marcelo Grando, Renan Antonio Angelim Rodrigues, Rafael Odilio Ramos dos SAntos, Marcelo Alves dos Santos e Manoel Serapião Filho
Cartões amarelos: Rhayner, Rodrigo Andrade, Yago (VIT) ; Diego, Willian Arão (FLA)
Cartão vermelho: Éverton Ribeiro (FLA)
VITÓRIA – Caíque, Jeferson (Rodrigo Andrade), Kanu, Ramon e Pedro Botelho (Guilherme Costa); Uilian Correia, Willian Farias, Yago, Baumjohann (Juninho); Rhayner e Denilson. Técnico: Vágner Mancini.
FLAMENGO – Diego Alves, Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Éverton Ribeiro, Diego, Lucas Paquetá (Geuvânio); Vinícius Junior (Pará), Henrique Dourado (Willian Arão). Técnico: Maurício Barbieri.

PRÓXIMOS JOGOS DO FLAMENGO
18/4 – Flamengo x Independiente Santa Fe (Libertadores)
21/4 – Flamengo x América-MG (Brasileirão)
25/4 – Independiente Santa Fe x Flamengo (Libertadores)
29/4 – Ceará x Flamengo (Brasileirão)

LEIA MAIS:
Árbitro justifica expulsão de Éverton Ribeiro e denuncia pressão do Flamengo após polêmica na estreia do Brasileirão
Vitória 2 x 2 Flamengo: assista aos melhores momentos
Lembra deles? Veja 10 jogadores que o Flamengo vai reencontrar no Brasileirão 2018