Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Veja 10 jogadores que se destacaram na Premier League

A Premier League se encerra neste domingo (13) com rodada cheia, que irá decretar últimos rebaixados e classificados para a Liga dos Campeões da próxima temporada e também para a Liga Europa.

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Reprodução/Liverpool

Os protagonistas do campeonato ficaram concentrados em sua maioria em duas equipes: o campeão Manchester City e o Liverpool, finalista da UEFA Champions League. Na lista do Torcedores.com dos dez jogadores que mais se destacaram na Premier League, os intrusos são do Tottenham, do Manchester United e do Leicester City.

Veja 10 jogadores que se destacaram na Premier League.

Mohamed Salah

O egípcio não se destacou apenas na Inglaterra, mas em toda a Europa e com isso é forte concorrente até à Bola de Ouro da FIFA. Na Premier League, Salah é o jogador que mais participou diretamente de gols: São 31 marcados e 9 assistências distribuídas, somando 40 no total. Foi eleito o melhor jogador do Campeonato Inglês.

Campeonato Inglês 2021/22

Confira a classificação atualizada

Kevin de Bruyne
O jogador que dominou o primeiro semestre da temporada e chegou a ser colocado como um dos melhores do mundo não encerra a temporada no mesmo nível, mas a bagagem o coloca bem próximo de Salah como melhor da Premier League. É o maior assistente do torneio – ao lado de Sané – com 15 passes para gol.

Leroy Sané
Como dito acima, o alemão é o maior assistente do campeonato ao lado de De Bruyne, e o que mais marcou o jovem canhoto na temporada foi sua ascensão como protagonista da equipe. Roubando a cena, participou diretamente de 25 gols no campeonato – além as 15 assistências, marcou 10 gols.

Harry Kane
O melhor jogador inglês da atualidade vem se destacando com a camisa dos Spurs há alguns anos. Na atual temporada, não conseguiu a artilharia – já que Salah roubou a cena e bateu recordes pelo Liverpool –, mas o camisa 10 do Tottenham continua como o craque do English Team. São 28 gols no Campeonato Inglês.

Raheem Sterling
Formou com Sané uma dupla que causou arrepios pela Inglaterra. O camisa 7 enfim mostrou a que veio após o alto valor pago por seu futebol junto ao Liverpool e foi o jogador do Manchester City que mais participou de gols na Premier League: são 18 gols e 11 assistências, 29 participações no total.

Roberto Firmino
Melhor brasileiro da Premier League, Firmino deve ir à Copa do Mundo e disputar a posição de titular com Gabriel Jesus. Com Salah e Mané, forma o melhor ataque da Liga dos Campeões e um dos mais letais da Premier League. São 15 gols e 7 assistências no campeonato.

Sadio Mané
O complemento do trio de ataque também entra na lista. O senegalês havia sido o melhor jogador do Liverpool na temporada passada e ganhou a ótima companhia de Salah – além do visível crescimento de Firmino – para assustarem a Europa.

Jamie Vardy
Após o inesperado título do Leicester City na temporada 2015/16, era esperado que Vardy se transferisse e desse um salto na carreira. Entretanto, o atacante ficou nos Foxes e fez temporada abaixo em 2016/17, fato não repetido em 2017/18. O camisa 9 está no top 10 de jogadores que mais participaram de gols (20). Foi o artilheiro do Leicester com 18 gols e deve ir à Copa do Mundo pela Inglaterra.

David Silva
Um dos organizadores do Manchester City de Pep Guardiola, Silva é discreto, mas decisivo. O camisa 21 cumpre uma das principais funções do time, atuando sempre ao lado de De Bruyne e sustentando o móvel meio-campo dos Citizens. Com isso, distribuiu 11 assistências na Premier League.

Kun Aguero
Sofreu com contusões durante a temporada e com a concorrência de Gabriel Jesus, mas continua como um dos protagonistas do City. Atuou em “apenas “ 25 partidas do campeonato, mas fez 21 gols e tem a segunda melhor média de gols da Premier League – atrás apenas de Salah.

Romelu Lukaku
Questionado durante a temporada, Lukaku tem os números a seu favor para provar que não fez uma temporada ruim – pelo contrário. Contratado a peso de ouro junto ao Everton, chegou para ser o “homem-gol” do United e foi ofuscado por grandes campanhas de Manchester City, na Premier League, e Liverpool, na Liga dos Campeões. Porém, tem grande responsabilidade no vice-campeonato inglês: marcou 16 gols e distribuiu 7 assistências, ficando em sexto na tabela de jogadores que mais participaram diretamente de gols.

LEIA MAIS:
NOVOS UNIFORMES DE ARSENAL, BAYERN, PSG, JUVENTUS E MANCHESTER CITY CAÍRAM NA REDE