Futebol

Na véspera do clássico, Mano Menezes deve ganhar reforço para o sistema defensivo

Publicado às

Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Vinnicius Silva/Cruzeiro/divulgação

Nesta sexta-feira (18), o Cruzeiro fará o último treinamento visando o clássico contra o Atlético, no estádio Independência, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Para o importante duelo, o técnico Mano Menezes pode ter o retorno de Edilson, que está recuperado de uma lesão no tornozelo.

Em sua conta oficial do Instagram, o lateral-direito postou uma mensagem se mostrando bastante empolgado com o retorno: “voltando ainda mais forte”, dizia a publicação. Na quinta-feira (17), o atleta realizou trabalhos físicos sobre a orientação do preparador físico Anderson Nicolau.

O provável retorno de Edilson coincide com a previsão do departamento médico do Cruzeiro. Caso o lateral de fato volte ser opção para o técnico Mano Menezes, a tendência é que ele figure entre os reservas e Romero, que tem atuado no setor, novamente seja titular diante do Atlético.

Na pior das hipóteses, caso o departamento médico do Cruzeiro opte por uma decisão mais conservadora, Edilson ficaria à disposição de Mano Menezes para o duelo de terça-feira (22), diante do Racing, no Mineirão, na partida que decidirá quem ficará com a liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores da América.

Nesta temporada, a maior sequência de Edilson com a camisa do Cruzeiro aconteceu ainda no Campeonato Mineiro, quando o lateral-direito atuou diante do Uberlândia, Tombense, América, Democrata e Villa Nova.

Edilson está fora da equipe desde a goleada celeste contra a Universidad de Chile, por 7 a 0, no Mineirão, em jogo da Copa Libertadores.

LEIA MAIS:

COM ESTATÍSTICAS ACIMA DA MÉDIA, DEDÉ CONFIRMA ÓTIMA FASE NO CRUZEIRO