Brasileirão 2018 tem maior tempo de bola rolando que as duas últimas edições

O Campeonato Brasileiro 2018 está apenas começando e neste ano os participantes vão ter que enfrentar um recesso na competição devido a Copa do Mundo, que será disputada na Rússia. Contudo, mesmo a competição nacional estando no início, um dado interessante é que nesta temporada durante as quatro primeiras rodadas, os embates do Brasileirão têm maior tempo de bola rolando em relação as edições 2016 e 2017.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE/DIVULGAÇÃO

Até o momento, as partidas do Campeonato Brasileiro 2018 possuem em média cerca de 55’14” de bola rolando segundo os dados divulgados no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em 2017, a média foi de 54’30”, enquanto em 2016 a ‘pelota’ correu nos gramados em média durante 55’03”.

Ainda segundo a CBF, a partida entre Corinthians x Ceará teve o maior tempo de bola rolando do Campeonato Brasileiro 2018. No empate por 1 a 1, em Itaquera, foram cronometrados 63’ de bola em jogo. Na sequência o duelo que teve maior tempo de bola em jogo foi Atlético-PR x Palmeiras com 60’01”.

Um dos motivos para o maior tempo de bola em jogo pode ser visto nos números de faltas, já que as infrações foram menores em relação aos Brasileirões dos dois últimos anos. Neste momento a contabilidade aponta 1.172 faltas, ou seja, 30,5 por embate.Em 2016 tivemos até a quarta rodada 1198, enquanto em 2017 as jogadas faltosas chegaram a 1194.

Por outro lado, os números de cartões amarelos subiram em relação ao ano passado. Até o momento foram 172 advertências contra 155 em 2016. Já os vermelhos estão equiparados. Em 2017, sete expulsões, já este ano até o momento foram excluídos oito atletas.

Números Brasileirão 2018 (Dados da CBF)

Jogos: 39

Cartões amarelos
2015: 220 (5,50)
2016: 188 (4,70)
2017: 155 (3,88)
2018: 172 (4,41)

Cartões vermelhos
2015: 14 (0,35)
2016: 11 (0,28)
2017: 7 (0,18)
2018: 8 (0,21)

Faltas
2015: 1233 (30,83)
2016: 1198 (29,95)
2017: 1194 (29,85)
2018: 1172 (30,05)

Tempo médio de bola rolando
2016: 55’03
2017: 54’30
2018: 55’14

Jogos acima de 60 minutos (tempo ideal apontado pela FIFA)
2014: 1
2015: 7
2016: 14
2017: 6
2018: 6

4ª rodada
1. Corinthians x Ceará: 63’00
2. Atlético PR x Palmeiras: 60’01

LEIA MAIS:

DEFESA DO CRUZEIRO PODE ALCANÇAR MARCA EXPRESSIVA NO JOGO CONTRA O SPORT

VASCAÍNO DESDE CRIANÇA, VOLANTE REVELA DESEJO DE VOLTAR A DEFENDER O CRUZMALTINO NO FUTURO