Futebol

Carille despista sobre proposta árabe: “só especulação”

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

A quinta-feira foi agitada no Corinthians. Na parte da manhã, surgiu a notícia de que Carille receberia proposta oficial tentadora do Al-Hilal, da Arábia Saudita, e que estaria propenso a aceitar o convite. Em entrevista coletiva após a goleada sobre o Deportivo Lara (7 a 2), na Venezuela, pela Libertadores, o treinador desconversou sobre a oferta árabe e garante que por enquanto é só especulação.

“Estou muito tranquilo em relação a isso. Não é a primeira (oferta) que aparece. Essa infelizmente vazou por conta de uma emissora lá do mundo árabe que fez uma enquete sobre o meu nome e de outro profissional. Tive uma proposta e não dei andamento tempos atrás porque eu só poderia levar um profissional comigo. Se falar de valores, vão me chamar de louco por não ter aceitado. Agora começou essa e não chegou nada oficial”, disse Carille.

“Do jeito que tomou a proporção em São Paulo, fiz questão de conversar com meu empresário. Ele foi muito claro: ‘Fábio: é só especulação’. Estou sendo muito claro com a diretoria desde o início“, completou.

Carille ainda brincou com uma entrevista dada à Rádio Jovem Pan no ano passado, quando afirmou que não deixaria o Timão nem com uma oferta com um caminhão de dinheiro.

“Um não, mas podem vir dois caminhões. Aí a conversa é diferente. Com um eu não vou. Com dois eu posso pensar”, declarou.

De acordo com o UOL Esporte, a proposta a ser enviada pelo Al-Hilal giraria em torno de 3,5 milhões de dólares (R$ 12,95 mi) por ano, livre de impostos. Por mês, ele receberia 1,07 milhão, cerca de três vezes mais que recebe no Corinthians.

VEJA TAMBÉM:

Deportivo Lara x Corinthians: assista aos gols da classificação corintiana 

Jadson comemora gols e afirma: “não me recordo de ter feito três em um jogo”