Cris Cyborg sonha com luta contra campeã de boxe

Cris Cyborg ainda espera para saber qual será sua próxima desafiante no UFC. Mas a campeã peso-pena do Ultimate não pensa apenas no prosseguimento de sua carreira no MMA, também almejando seguir a onda de lutadores que também pretendem se transferir para o boxe.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

A brasileira esteve no último sábado (5) luta entre a dinamarquesa Ceclia Breakhuis contra Kali Reis. Cyborg apareceu com o cinturão do UFC e também com uma camisa que sugeriria a possibilidade de um confronto entre ela e Braekhuis, campeã dos meio-médios na ‘nobre arte’. Ao ‘Yahoo Sports’, a curitibana declarou que sonha em migrar para a boxe assim que terminar seu contrato com o UFC, válido por mais duas lutas.

“Claro que eu preciso de tempo, de uns quatro a seis meses para treinar,  mas acho que vai ser perfeito. Tenho ainda duas restando no MMA e aí posso focar no boxe. Vai ser muito empolgante. Eu a respeito, mas poderíamos fazer minha primeira luta de boxe com ela”, disse Cyborg ao Yahoo Sports!

Após a luta, a dinamarquesa chegou a falar sobre a possibilidade de uma luta com Cris Cyborg e admitiu que tal luta pode acontecer no futuro. Mas caso a campeã peso-pena do UFC decida ir para os ringues, isto não significará que ela deixará de lado as artes marciais mistas.

“Eu posso conquistar (o cinturão) de novo, sem problema. Treino duro e conquisto de novo. Mas gostaria de trabalhar com eles. Se nós trabalharmos algo com o UFC, que eu possa lutar boxe e ainda ser campeã. E voltar como o Conor (McGregor) fez, é isso. Mas preciso falar com meu manager”, afirmou.

LEIA MAIS

Kelvin Gastelum diz almejar revanche contra Tyron Woodley

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial UFC)