Torcedores – Notícias Esportivas

Equipe fundada há apenas cinco anos conquista Copa da Rússia, mas não terá vaga na Liga Europa

Tosno bateu o Avangard Kursk por 2 a 1 e se sagrou campeão da Copa da Rússia pela primeira vez. Foi uma das finais mais surpreendentes da história da competição, já que o Tosno ocupa a zona de rebaixamento do Campeonato Russo e o Avangard disputa a segunda divisão nacional. 

Gustavo Magnusson
Jornalista formado pela PUC-Campinas em 2017

Crédito: Reprodução/Twitter Tosno

O Tosno foi fundado em 2013 e a cidade de mesmo nome, localizada próxima a São Petersburgo, tem apenas cerca de 35 mil habitantes.

Na semifinal, a equipe havia derrotado o Spartak Moscow, fora de casa, nos pênaltis.

O brasileiro Ricardinho, que teve passagens por Mogi Mirim e Santo André, faz parte do elenco do Tosno, mas ficou no banco de reservas na inédita final desta quarta-feira, realizada na Arena Volgogrado – um dos 12 estádios que vão receber jogos da Copa do Mundo.

O Tosno também conta com o preparador físico brasileiro Michel Huff.

O regulamento prevê que o campeão da Copa da Rússia se classifique para a fase de grupos da Liga Europa. No entanto, o Tosno não poderá disputar a competição europeia porque não atende às condições mínimas de estrutura e finanças exigidas pela UEFA.

Desta forma, a vaga vai ficar com o sexto colocado do Campeonato Russo.

A situação ainda depende de uma confirmação oficial da UEFA, que deve ser divulgada nos próximo dias.

Veja abaixo galeria de fotos da festa do Tosno pelo título da Copa da Rússia 2018/19:

Data histórica

Além de viver o dia da da final da copa nacional, a Rússia comemorou neste 09 de maio o chamado “Dia da Vitória”.

Neste feriado nacional, desfiles e paradas militares são realizados em referência à rendição dos soldados nazistas, que decretou o fim oficial da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e que no país é chamada de Grande Guerra Patriótica.