Ex-Chapecoense e Juventude, artilheiro do estadual sub-20 comemora boa fase no Soledade

O artilheiro do Gauchão Sub-20 não é da dupla Grenal, nem mesmo das fortes equipes do interior, como Juventude, Brasil ou São José. O nome da competição, até o momento, é William Lima, do Soledade, com seis gols. O jovem nasceu em Caxias, mas cresceu no município de Três Coroas. William passou por Chapecoense e Juventude, além de Ivoti e Igrejinha.

Samuel Santos
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Assessoria P2

No Igrejinha, último clube, antes do Soledade, William atuou nos profissionais, disputando a segundona do Rio Grande do Sul. Passou pelo profissional e ficou pouco mais de um ano, o que ajudou no amadurecimento do atleta.
“Ajudou bastante na questão da experiência e em questão do jeito de jogar, já que no profissional, por mais que a segunda divisão se jogue com atletas até 23 anos, é bem diferente. Aqui em Soledade está sendo melhor até do que eu imaginava. Estamos com um grupo excelente, meninos de extrema qualidade e isso é fruto de muito trabalho. Venho me empenhando nos treinos e no jogo estou conseguindo aproveitar bem as oportunidades que aparecem”, disse o atacante que já vem sendo cobiçado pelos grandes clubes do país.
O Soledade venceu na última rodada o Brasil, de Pelotas, por 3 a 1. William balançou as redes duas vezes. A equipe ocupa a sétima colocação, e voltou para a zona de classificação. No domingo, dia 13, o time enfrnetará o Juventude.