Após temporada no México, ex-Grêmio revela propostas de clubes brasileiros: ”Quero decidir com calma”

Chegou ao fim a passagem de Willian Magrão pelo futebol mexicano. Ou pelo menos a primeira parte dela. Com o contrato encerrado nos últimos dias de abril, o jogador voltou ao Brasil e já está em Mogi Mirim, sua cidade natal, ao lado de familiares e amigos.

Douglas Albino
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: FC Juárez

Com praticamente um ano defendendo as cores do FC Juárez, ele ainda não sabe se seu ciclo no México terminou.É o que William Magrão vai decidir nos próximos dias. Isso porque o Juárez quer o retorno do jogador, que no México foi novamente zagueiro, vestiu a camisa 4 e foi titular. Foram 29 jogos e muitas histórias na bagagem.

“Só tenho que agradecer por tudo que aconteceu. Muitas pessoas sabiam que eu queria muito viver essa experiência de atuar fora do país. Foi a realização de um sonho com certeza. O FC Juárez abriu as portas e me tratou super bem. A torcida gostava muito de mim, me tratou super bem. Agora é ter calma. Ver o que vai acontecer. Estou aqui em Mogi Mirim e quero descansar e também definir meu futuro”, afirmou o jogador.

Caso aceite alguma das ofertas de equipes brasileiras que o procuraram recentemente, Willian Magrão poderia atuar apenas após o dia 20 de junho, que é quando a janela reabre. Mas ele ainda não descartou aceitar a oferta do FC Juárez e continuar vivendo no México.

“Eu preciso ter calma. E vou decidir em conjunto com a minha família, minha esposa principalmente. Vamos analisar tudo com calma. O Juárez quer que eu volte, que faça uma nova temporada com eles. Me sinto grato. É bom saber que sua dedicação rendeu frutos. Sinceramente hoje não sei qual decisão tomarei. Tem algumas equipes do Brasil já conversando. Mas não sei. Quero decidir com calma”, finalizou o jogador, com boas passagens no futebol brasileiro defendendo equipes como Ponte Preta, Grêmio, Figueirense, Cruzeiro, Náutico e Red Bull Brasil.