Torcedores – Notícias Esportivas

Grêmio é o time que fica mais tempo com a posse de bola no Brasileirão; veja o top-10

Após sete rodadas, o Grêmio é o time que fica mais tempo com a posse de bola no Brasileirão 2018. Elogiado por seu bom futebol, o Tricolor Gaúcho aparece à frente do Atlético-PR, que adotou uma filosofia diferente com Fernando Diniz. Os dados são do Footstats, especializado em estatísticas do futebol.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Arthur e Maicon comandam o meio-campo do time gaúcho (Foto: Lucas Uebel - Grêmio FBPA)

Atual campeão da Copa Libertadores da América, o Tricolor Gaúcho tem média de 60,3% de posse de bola em suas partidas no Brasileirão. O jogo de destaque da equipe de Renato Portaluppi no quesito foi o contra o rival Internacional.

No clássico GreNal, na Arena, o Grêmio ficou com a bola durante 75% do tempo. Na sequência, 71% contra o Paraná, na Vila Capanema. A curiosidade nas duas partidas é que, apesar de tal domínio, o time gaúcho não balançou as redes e acumulou dois empates em 0x0.

A segunda posição no ranking é do Atlético-PR. Apesar de estar em má fase, sem vencer desde a primeira rodada, o Furacão fica com a bola em 59,9% do tempo de suas partidas.

Os jogos mais dominantes do Atlético-PR na posse de bola foram diante de Chapecoense e Fluminense, com 66% da posse em cada. Contra a Chape, goleada por 5×1, em casa. Já contra o Fluminense, derrota por 2×0, no Maracanã.

No duelo entre os dois times que mais ficam com a bola, o placar não foi movimentado e a estatística ficou parecida. No 0x0 na Arena, em Porto Alegre, o Grêmio encerrou com 52%, contra 48% do Atlético-PR. O Furacão, no entanto, venceu nos passes certos, com 528 contra 515 do Tricolor Gaúcho.

Em terceiro está o Atlético-MG, com média de 55,1% de posse de bola. Logo depois está o Palmeiras, com 53,3%. Na sétima rodada, ambas equipes acumularam derrotas em casa, para Sport e Flamengo, respectivamente. O quinto colocado é o Vasco, que tem um jogo a menos no Brasileirão.

O sexto no ranking é justamente o Flamengo, atual líder do Brasileirão. Ao decorrer de quatro vitórias, dois empates e uma derrota, o Rubro-negro fica, em média, com 52,3% da posse de bola.

Ainda ganham destaque entre os primeiros Botafogo, Corinthians, Bahia e Santos, que também possui um jogo a menos que os demais. As 10 primeiras equipes do ranking são as únicas com mais de 50% de posse de bola na competição.

Os últimos colocados entre os 20 participantes do Brasileirão são América-MG e Chapecoense, com 43,1% e 42,9%, respectivamente.

Veja o top-10 de times que mais ficam com a bola no Brasileirão:

Reprodução/Footstats

LEIA MAIS:

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA APÓS OS JOGOS DESTE DOMINGO (27)

SAIBA QUAIS SÃO OS MAIORES DRIBLADORES APÓS SETE JOGOS; VEJA O TOP-10

SAIBA QUAIS JOGADORES MAIS RECEBEM CARTÕES AMARELOS NO BRASILEIRO; VEJA O RANKING