Indy: Will Power confirma favoritismo e vence GP de Indianápolis

Will Power venceu na tarde deste sábado (12) o Grande Prêmio de Indianápolis, quinta etapa da temporada 2018 da Indy. O piloto da Penske sofreu forte oposição de Robert Wickens ao longo da prova, e de Scott Dixon nos giros finais, mas conseguiu manter a liderança até o último dos 85 giros, garantindo sua primeira vitória no ano.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: IndyCar

O australiano da Penske foi seguido por Dixon, piloto da Chip Ganassi que largou das últimas posições, escalou o pelotão após a última parada nos boxes, ocorrida na volta 59, avançou para terceiro e deixou Wickens para trás para chegar atrás apenas de Power. O canadense da Schmidt Peterson, que liderou parte da prova, terminou em terceiro.

Sébastien Bourdais terminou a prova em quarto com o carro da Dale Coyne, após superar Alexander Rossi na última volta. O piloto da Andretti Autosport teve que se contentar com a quinta posição, enquanto Helio Castroneves, em seu retorno à Indy, foi o sexto com a Penske.

Companheiro de Wickens na Schmidt Peterson, James Hinchcliffe completou a prova na sétima posição, logo à frente de Simon Pagenaud, que se envolveu em um acidente com Jordan King na largada. O francês da Penske foi seguido por Graham Rahal e Takuma Sato, ambos pilotos da Rahal Letterman Lanigan.

Tony Kanaan completou a prova apenas na 14ª colocação, depois de estar entre os dez melhores no início da prova. O baiano recuou ao 21º lugar após a última parada nos boxes e precisou se recuperar no final. Matheus Leist, companheiro de Tony na Foyt, foi apenas o 21º.

A corrida contou com duas entradas do Safety Car. A primeira aconteceu na largada, quando Castroneves sofreu um toque e atingiu Pagenaud, que coletou Jordan King. No mesmo giro, Spencer Pigot decolou e atingiu Takuma Sato. Depois, na volta 55, Josef Newgarden errou ao tentar um ataque sobre Bourdais, e rodou sozinho.

A próxima etapa da Indy acontece no dia 27 de maio, com as 500 Milhas de Indianápolis, prova mais tradicional do automobilismo americano.

Foto: IndyCar