Kelvin Gastelum diz almejar revanche contra Tyron Woodley

Kelvin Gastelum pode confirmar no próximo sábado (12) a chance de poder lutar pelo cinturão dos pesos-médios do UFC caso vença Ronaldo Jacaré no UFC 224. Mas o ex-meio-médio ainda não se esquece de sua antiga divisão e de um rival em especial: Tyron Woodley.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial do UFC

Ambos se enfrentaram no UFC 183, com o hoje atual campeão da divisão até 77kg tendo vencido o combate na decisão dos jurados, em resultado bastante contestado por Gastelum. E a qual o faz até hoje pensar na possibilidade de uma revanche.

“Ainda penso nessa luta, sabe? Ficou na minha mente. Ainda quero ter a chance de lutar de novo (contra Woodley), bater o peso e tudo, Tem muita gente que acredita que eu deveria ter vencido aquela luta”, declarou o lutador segundo o MMAFighting.

“Estou em sequência de vitórias e estou perto de conquistar o title shot no peso médio. Mas bem lá fundo, de verdade, ainda penso em voltar aos meio-médios”, completou.

Para uma possível revanche contra Wooodley, Gastelum teria que vencer um outro tipo de adversário: o peso. O lutador teve diversos problemas para bater o peso enquanto lutou entre os meio-médios, o que o forçou a subir de divisão. Na luta contra ‘The Chosen One’, também não conseguiu bater o peso e perdeu parte da bolsa.

“A única razão pela qual essa luta virou algo pessoal foi porque eu ferrei com tudo e não conseguir bater o peso.E isso ficou na minha cabeça, fez isso virar pessoal, de me fazer até me criticar. Estou muito feliz com meu peso agora, estou conseguindo fazer uma dieta melhor. Não estou ficando sem comer nada. Não sofro nem fico de mau humor. Sei que eu posso bater os 77kg. Se eu fizer do jeito certo, eu posso bater. Mas estou feliz como as coisas estão indo agora”, comentou.

LEIA MAIS

Kyoji Horiguchi nocauteia Ian McCall em apenas 9s no Rizin 10

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial do UFC)