Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Lyon conquista Liga dos Campeões Feminina e mantém hegemonia na modalidade

O Lyon é o grande campeão da Liga dos Campeões Feminina. Nesta quinta-feira, o time francês encarou o Wolfburg e após tomar um susto, já na prorrogação, virou o placar para golear por 4×1 e conquistar o título da principal competição da modalidade.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Divulgação/UEFA Women's CL

No tempo normal, a partida terminou sem gols. Atual bicampeão, o Lyon buscava manter a hegemonia no continente europeu e tomou as ações do jogo. Enquanto as francesas criavam as melhores chances, o Wolfsburg tentava se fechar na defesa e sair nos contra-ataques.

Permanecendo mais tempo com a posse de bola, o Lyon finalizou um total de 15 vezes, acertando a direção da goleira Schult em seis oportunidades. Na chance mais clara, Maritz chegou a salvar o Wolfsburg em cima da linha.

Já o time alemão tentou apenas duas finalizações durante os 90 minutos e não levou perigo à goleira Bouhaddi, que foi uma das espectadoras da partida. Nas arquibancadas, 14 mil pessoas marcaram presença no estádio com capacidade para 16 mil torcedores.

O que faltou de emoção nos dois tempo, teve nos 30 minutos finais. Na prorrogação, o Wolfsburg, que suportou pressão praticamente o jogo inteiro, abriu o placar logo aos três minutos. Em chute de longe, Harder contou com um desvio em Renard para vencer a goleira Bouhaddi.

Pouco depois de sofrer o gol, o time francês ficou com uma jogadora a mais, quando Popp foi expulsa pelo segundo cartão amarelo. O fato mudou completamente o desenhar do duelo. O empate não demorou para sair e aconteceu aos oito minutos.

Em chute colocado, Henry acertou o canto e deixou tudo igual. Na sequência, aos 9′, a experiente Le Sommer completou um cruzamento de Van de Sanden para virar o jogo para o Lyon. Artilheira desta edição da Liga dos Campeões Feminina, Ada Hegerberg ainda teve tempo de deixar sua marca aos 13′ da primeira etapa e marcar o 3×1.

O gol que encerrou a contagem no placar saiu aos 11′ do segundo tempo. Aproveitando a terceira assistência de Van de Sanden, que também deu o passe para Hegerberg, Abily fez o quarto em sua despedida do Lyon.

Com o título, o Lyon chegou a cinco conquistas e se isolou como o maior vencedor da história da competição, deixando para trás o Frankfurt, com quatro. As francesas também ficaram com a taça em 2010/11, 2011/12, 2015/16 e 2016/17.

Ficha técnica de Wolfsburg x Lyon –

Final da Liga dos Campeões Feminina temporada 2017/2018

Local: Valeriy Lobanovskyi Stadium, em Kiev (UCR)
Árbitra: Jana Adámková (CZE)
Assistentes: Sian Massey (ENG) e Sanja Rodjak-Karšić (CRO)

Escalações:

Wolfsburg: Schult; Blasse, Fischer, Goessling e Maritz; Gunnarsdóttir (Wedemeyer), Popp, Graham Hansen (Wullaert) e Dieckenmann; Pajor e Harder

Lyon: Bouhaddi; Bronze, M’Bock Bathy, Renard e Bacha (Cascarino); Kumagai (Van de Sanden), Henry, Marozsán e Majri; Ada Hegerberg e Le Sommer (Abily)

LEIA MAIS:

INTERNACIONAL GOLEIA O GRÊMIO PELO CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO A2

SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA DISPUTARÁ O TORNEIO DAS NAÇÕES DE 2018