Futebol

Maicon promete mais brincadeiras com o Inter em caso de novos títulos: “Vamos fazer”

Publicado às

Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Maicon

Foto: Maicon

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Os colorados que se frustraram a cada provocação do Grêmio devem seguir secando o rival. Pois, em caso de novos títulos, o tricolor promete mais brincadeiras com o Inter. A garantia foi dada pelo capitão Maicon em entrevista concedida nesta semana à Rádio Pachola.

O volante entende que a brincadeira faz parte do futebol e que o Inter, quando esteve em alta, também provocou os gremistas. Nesta sequência de quatro títulos em menos de dois anos, o Grêmio se habituou a zoar o rival usando, principalmente, o cântico do “1 minuto de silêncio para o Inter que está morto”.

“Nós vamos seguir trabalhando para continuar ganhando. Se ganharmos, vamos brincar de novo. Porque é assim o futebol. Sem desrespeitar. Agora eles têm que aturar. Por que só eles podem fazer? Nosso torcedor aguentou durante muito tempo, alguns jogadores também, principalmente o Marcelo Grohe. Então é assim, não pode ser só de um lado”, acrescentou.

Como o Inter recebe a brincadeira

Aos poucos, as provocações do Grêmio foram “mexendo” com o Inter. Ouvido pela reportagem do Torcedores.com depois de um jogo contra o Vitória, no Beira-Rio, pela Copa do Brasil, o goleiro Marcelo Lomba se posicionou da seguinte maneira:

“Eu não sou muito adepto das provocações, não. E o mundo gira muito rápido. Mas eu também entendo, o futebol não pode ser tão sério assim. Querem brincar… daqui a pouco pode ter outro Gre-Nal e se a gente vencer vai ter o direito de brincar também. Que isso nunca se reflita em violência e a gente tenha sempre serenidade”.

Oficialmente, o presidente colorado Marcelo Medeiros disse que entende quando as brincadeiras são feitas por torcedores e até jogadores, mas discorda da “institucionalização”, que ocorreu depois do título gremista no Gauchão.

Reveja a reportagem especial preparada pelo Torcedores.com sobre esse tema:

LEIA MAIS:

Comovido por crise, Grêmio fez “vaquinha” e doou dinheiro a venezuelanos

Renato se senbiliza com situação da Venezuela: “Machuca o coração”

“Serei eternamente grato ao Grêmio”, diz Geromel após convocação

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud