Futebol Europeu

Meia brasileiro do Cagliari é suspenso após testar positivo no antidoping

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução Youtube

O meia João Pedro do Cagliari de 26 anos pegou suspensão de seis meses após o teste de antidoping dar positivo, a pena foi condenada pelo Tribunal Antidopagem da Itália (TNA).  As partidas que fizeram o atleta ser punido foi contra o Sassuolo e Chievo, ambas no mês de fevereiro.

A substância encontrada na urina de João Pedro foi de fragmento diurético hidroclotiacida. O jogador já estava suspenso provisoriamente no período de dois meses e, em setembro já estará liberado para jogar.

A agência italiana que é a responsável pelo controle de antidoping havia pedido uma pena de quatro anos para João Pedro, porém o julgamento concluiu que o atleta não ingeriu a substância de maneira consciente.

“Talvez seja óbvio dizer que voltarei mais forte do que antes, mas para mim, isso é um renascimento. Eles chegaram à conclusão de que não havia má fé da minha parte, o que já é uma vitória”, disse o jogador que no Brasil já jogou no Atlético-MG e Santos.

A hidroclorotiacida é um medicamento diurético da classe das tiazidas que é muito utilizado no tratamento da hipertensão arterial, seja sozinho ou em terapia conjunta com outros anti-hipertensivos. A substância pode ocultar o uso de outras substâncias.

LEIA MAIS:

Buffon anuncia a saída da Juventus, mas não a aposentadoria

Série A Tim: veja o top-5 da artilharia do Campeonato Italiano