Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

MotoGP: queda tripla marca GP da Espanha em Jerez

Um acidente envolvendo três pilotos marcou a disputa do Grande Prêmio da Espanha, quarta etapa da temporada 2018 da MotoGP, realizada na manhã deste domingo (6) no circuito de Jerez. Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso e Dani Pedrosa disputavam a segunda posição, quando uma batida entre os dois pilotos espanhóis os derrubaram, coletando também o italiano.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: reprodução/TV

Lorenzo tomou a primeira posição na largada, mas foi superado por Marc Márquez, na oitava das 25 voltas programadas. Usando pneus macios na roda traseira, o espanhol perdeu rendimento, e passou a se defender dos ataques de Dovizioso, seu companheiro na Ducati, que escalou o pelotão e tinha pneus duros na traseira e vinha mais rápido.

Dovizioso conseguiu a ultrapassagem quando restavam oito voltas para o encerramento da prova, mas perdeu a tangência da curva, abrindo espaço para Lorenzo retomar a posição. Pedrosa, por sua vez, colocou sua Honda pela linha de dentro tentando uma ultrapassagem dupla, mas acabou atingido por Lorenzo, que tentou se defender. O impacto lançou a Ducati de Lorenzo contra a do vice-campeão do mundo, que caiu.

Com o incidente, Márquez – que tinha dois segundos de frente para Lorenzo àquela altura – disparou e na liderança, e seguiu para vencer a prova, seguido por Johann Zarco e Andrea Iannone. O piloto da Honda ainda tomou a ponta do campeonato, que pertencia a Dovizioso até o GP da Espanha. Dovi caiu para a quinta posição da categoria rainha do Mundial de Motovelocidade.

A próxima etapa da MotoGP acontece no dia 20 de maio, com a realização do Grande Prêmio da França, marcado para o Circuito Bugatti de Le Mans.

Foto: reprodução/TV