Saiba o que os amistosos pré-Copa podem revelar da primeira fase do Mundial

Não dá pra escolher adversário se uma seleção quer ser campeã do mundo, certo? – Mais ou menos. As escolhas dos oponentes nos amistosos pré-Copa podem revelar um pouco das estratégias de cada equipe pelo menos para a primeira fase do mundial.

Josuá Barroso
Repórter do Time do Tas na cobertura da Copa da Rússia 2018. É jornalista formado pela Universidade de Uberaba e chefe de redação da Band Triângulo em Minas Gerais.

Crédito: Divulgação / Facebook FIFA World Cup

Basta observar, grupo a grupo, e estabelecer um comparativo das seleções que integram cada um deles com a programação de amistosos para os dias que antecedem a Copa da Rússia. Sempre há uma proximidade geográfica entre o adversário escolhido para os amistosos pré-Copa e o adversário sorteado pela Fifa para a primeira fase do mundial.

A teoria foi destacada pelo jornalista inglês Michael Cox em sua conta no Twitter. Ele é um dos mais influentes na rede de microblogs quando o assunto é futebol, além disso escreveu o livro “In The Mixer”, sobre a história das táticas na Premier League. Ele afirma que uma das coisas que mais gosta de observar antes da Copa é exatamente a definição dos amistosos baseada em critérios geográficos.

Leia mais:

Amistosos pré-Copa: como a seleção brasileira escolheu os últimos adversários

O Time do Tas preparou uma galeria destacando quais partidas de amistosos você deve ficar de olho pra tentar prever como deve se desenrolar a primeira fase do Mundial da Rússia.

Confira mais do Time do Tas:

PODCAST: Time do Tas ouve torcedores de seleções fora da Copa da Rússia

Sabe tudo das Copas? O Time do Tas te desafia a se lembrar das seleções fora das copas em todos os tempos

ONZE EM CAMPO: jogadores da seleção brasileira ou ministros do STF, política ou futebol?

Daniel Aloisio e Josuá Barroso para o Time do Tas