Torcedores – Notícias Esportivas

Palmeiras vai utilizar dinheiro de prêmio no Paulistão para levar torcedores pobres ao Allianz

Rompido com a Federação Paulista de Futebol (FPF) desde a final do Campeonato Paulista, o Palmeiras cogitou não receber o dinheiro oferecido pela entidade em premiação pelo segundo lugar na competição. No entanto, o clube encontrou uma ótima maneira de utilizar a grana e resolveu aceitar. O valor de R$ 1,65 milhão será usado para beneficiar uma legião de torcedores com pouco poder aquisitivo. A informação foi revelada pelo “Blog do Nicola” e confirmada pelo Torcedores.com.

Marcel Rauen
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Cesar Greco / Agencia Palmeiras

Segundo a publicação, o dinheiro ganho pelo Palmeiras vai beneficiar cerca de 27 mil crianças e jovens palmeirenses de comunidades mais carentes, que poderão assistir aos jogos do Palmeiras no Allianz Parque sem gastar qualquer centavo.

A ideia é que o dinheiro seja utilizado ao longo da temporada para levar as crianças aos jogos no Allianz disputados no período da tarde.

O que é o projeto Torcedores do Futuro

O Verdão lançou o projeto ainda na temporada passada já sob o comando do presidente Maurício Galiotte e conta com o apoio da Crefisa, patrocinadora do clube.

De acordo com o Palmeiras, o projeto Torcedores do Futuro “visa a colocar em prática a inclusão social tendo o esporte como principal plataforma. Para isso, escolas públicas da Grande São Paulo serão selecionadas pela Coordenadoria da Educação do Município de São Paulo para fazerem parte dos jogos do Verdão no Allianz Parque, desde que os mesmos sejam realizados no período da tarde (com exceção dos clássicos)”.

O objetivo do projeto é proporcionar novas oportunidades às crianças carentes, fazer com que elas possam estar em um estádio de futebol para estar junto de outras pessoas. Acreditamos no projeto e acreditamos que o esporte pode contribuir na construção do caráter de uma pessoa. O esporte transmite união. Por meio do esporte, você tem aprendizado de disciplina, comprometimento e ajuda”, declarou o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, na época do lançamento da ação.

LEIA MAIS:

Agente de Deyverson admite propostas da Europa e veta ida para brasileiros

Verdão pode “poupar” novamente contra o América-MG; veja a provável escalação