Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ponte Preta goleia o Santa Isabel por 5 a 2 e mantém liderança isolada do Paulistão F7

Com boas atuações de Leandrinho, Du – Pivô, Thiago Freitas e Vini Verlengia, autores dos gols, a Ponte Preta goleou o Santa Isabel F7, por 5 a 2, no ultimo domingo (13), na Playball Pompéia, na zona oeste da capital paulista em São Paulo, mantendo-se na liderança do campeonato Paulistas de fut7, com 9 pontos e único clube a manter o 100% de aproveitamento na competição estadual. O Santa Isabel, por sua vez, não conseguiu reverter à situação e já não vence há duas rodadas.

Nurnberg Tercio
Pós Graduação em Jornalismo Esportivo Formado em Comunicação Social - Jornalismo Formado em Locução Esportiva - Radio Web Conectados Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Ponte Preta 100% no Campeonato Paulista Fut7 2018 ( Imagens TV F7 Brasil)

Depois de um inicio com vitória, a equipe de Santa Isabel, tem sentido a ausência do articulador Ygor, que permanece no departamento médico, com problemas no joelho.

O primeiro tempo de Ponte e Santa Isabel começaram truncados, com excessivos passes errados de ambos os lados, mas principalmente da Ponte, já que tinha maior posse de bola e tomava as principais iniciativas da partida. Diferente da proposta do Santa Isabel que era jogar fechado e usar o contra ataques.

Aos sete minutos, em boa tabela entre Leandrinho e Thithi pela esquerda, o meia devolveu ao atacante na ala direita de ataque, na entrada da área, Leandrinho mesmo sob marcação conseguiu finalizar no alto canto direito do goleiro, que fechava a trave esquerda, inaugurando o placar 1 a 0.

Aos dez minutos, um vacilo da equipe de campinas, quando Lucão ainda no campo defensivo pegou a bola na ala esquerda da defesa, e avançou se livrando de dois marcadores, até ficar cara a cara com Pêl, e na saída do goleiro, bateu ‘ala Romário’ com o bico da chuteira e colocou a pelota no fundo da rede, canto esquerdo do goleiro Pontepretano, empatando a partida e 1 a 1.

Com o gol a equipe de Santa Isabel se animou e se lançou ao ataque, a Ponte com alguns problemas defensivos, como a falta de atenção, tinha no goleiro Pêl seu melhor jogador atuando.

Aos 17 minutos, Marone que tem entrado bem nas partidas, após vacilo do meio campo do Santa Isabel, se livrou de dois marcadores e bateu rasteiro, fraco, o goleiro Cicero praticou defesa tranquilo.

O jogo seguiu até o fim sem alterações no placar. Um jogo em que com o andar foi equilibrado de modo geral, e a superioridade que se esperava da ponte ainda não aconteceu. O Santa Isabel se defende e os contra ataques com ‘Nigéria’ e Lucão são perigosos.

Os dois times voltaram para o segundo tempo, com a mesma formação que terminou a primeira etapa, porem, a postura da nega veia foi outra, com maior posse de bola e trocando mais passes, tentava pressionar a equipe adversaria no campo defensivo e obrigava a equipe do Santa Isabel ficar em duas linhas de 3 bem próximo a entrada da área.

Numa dessas trocas de passes, Thithi recebeu na esquerda, após corta luz do atacante, e ficou sozinho na entrada da área, e bateu meu sem precisão tirando do goleiro rasteiro e fraco o goleiro Nicholas de Santa Isabel aceitou, 2 a 1.

Pouco minutos depois, Eder recebeu dentro da área e finalizou, a bola caprichou de mais e pegou na trave dando a volta por trás do goleiro Pêl e saiu, gerando até um principio de comemoração, logo abafada por que a bola acabou saindo.

Aos dez minutos, a equipe do Santa Isabel adiantou marcação e chegava ao gol da Ponte com toques de pé em pé, mas a finalização não era tão boa.

Aos 13’40 da etapa final, depois de jogada de escanteio onde a Ponte não finalizou o time do Santa Isabel, criou um contra ataque veloz. Vinicius acertou um passe longe, que encontrou Fabricio, que viu Pêl se aproximando saindo da área, só tirou com a perna direita do alcance do goleiro, a bola foi rasteiro e morreu no fundo da rede, empatando a partida que ficava cada vez mais interessante, 2 a 2.

Aos 16’50, depois de jogada de escanteio executada por Webert, Vini Verlengia subiu mais alto que os defensores do Santa Isabel e de cabeça colocou no canto oposto ao goleiro, lado direito no alto, 3 a 2.

A Ponte não diminuiu o ritmo, e com passes de pé em pé, mostrou à qualidade técnica da equipe e dos seus jogadores, Webert recebeu na linha de fundo e soltou para trás na diagonal com direção ao bico da área, Vini Verlengia fez o corta luz e deixou para Leandrinho marcar o segundo dele na partida e o quarto da equipe campineira, 4 a 2.

A equipe do Santa Isabel resolveu subir e abrir espaços deixava buracos no sistema defensivo o que facilitava o trabalho para o time da Ponte.

O jogo caminhava par ao final, quando Vini acertou um belo lançamento em direção a Marone que dominou se livrou da marcação e soltou pro meio, Du Pivô, que perseguia o gol desde o primeiro tempo, driblou o marcador e soltou um belo chute meio desequilibrado, a bola foi no meio do gol de Nicholas que nada pode fazer 5 a 2 e números finais de partida.

Mostrando que aos poucos a equipe da Ponte vai tomando forma, e adquirindo o padrão Fabio Oliveira de jogar, um grande jogo deve acontecer entra a equipe da Ponte e o Corinthians no próximo sábado as 18h30 na Playball Pompéia. Já o Santa Isabel tem outra difícil pedreira, encara a Lusa no domingo (27) as 11h10 no mesmo local.

Leandrinho falando após o jogo. Imagem TV F7 Brasil Web

Fabricio do Santa Isabel falando após o jogo.