Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ponte Preta vence o Atibaia Arsenal e segue invicta no Paulistão Fut7

Marone, Thithi e Cauê marcaram para a Macaca, que bateu o Atibaia por 3 a 0 na Playball Pompeia.

Nurnberg Tercio
Pós Graduação em Jornalismo Esportivo Formado em Comunicação Social - Jornalismo Formado em Locução Esportiva - Radio Web Conectados Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Ponte Preta assume liderança isolada do Paulista F7. (Imagem: TV F7 Brasil)

A Ponte Preta manteve seu bom índice de aproveitamento, na fase inicial do Paulistão. Na noite da ultima quarta-feira (9), a Macaca venceu o Atibaia Arsenal por 3 a 0, com gols de Marone, Thithi e Cauê e assumiu a liderança do paulista de futebol 7 de forma isolada. O Arsenal continua sua saga de não vencer.

O Arsenal começou melhor a partida, buscando mais o gol, e o time de Atibaia teve nos pés do atacante Gil por duas vezes, a chance de abrir e ampliar o marcador havia um detalhe, o excelente goleiro Pêl, fez defesas de grau altíssimo em dificuldades, livrando assim no inicio da etapa de jogo, a sonolência da equipe de Campinas.

Duas falhas no sistema defensivo da Ponte causaram situações de ataque para o Atibaia, e Pêl em noite inspirada precisou intervir.

Fabio Oliveira ao final da partida ( Imagem: TV F7 Brasil)

A Nega veia tentava se encaixar e se organizar, e num desses lances, Leandrinho que recebeu passe pela esquerda de Thithi, da ala direita para esquerda, cruzando toda extensão da quadra, chegou açucarada para o atacante, que bateram rasteiro e firme, o goleiro Romário pegou e não soltou, mostrando também que hoje seria a noite dos goleiros.

O Atibaia começou melhor posicionado na partida, porem, tocada bola até a entrada da área, mas não colocava seus atacantes em condições claras para concluir a gol.

Marone tinha acabado de entrar, quando participou da jogada pela primeira vez, em jogada individual tirou o zagueiro pra dançar, pra lá e pra cá, se foi o zagueiro, o campo de visão do atacante ficou claro e amplo, não restou tempo pra nada, finalizou forte, meia altura, no canto esquerdo do goleiro Romário, que até tocou na bola e não evitou que ela morresse no fundo da rede, para alguns entendidos, era uma defensável o chute, 1 a 0.

Pouco depois, pela esquerda Vini bateu forte e Romário defendeu sem rebote. Pêl continuava trabalhando bastante nos lados da Ponte Preta, mas o ataque do Atibaia não era eficaz.

A Macaca, não havia criado jogadas de ataque com qualidade até o momento do gol, que foi cirúrgico. Já, a equipe do Atibaia, criou umas 4 ou 5 chances clara de gols e não finalizou corretamente, hora parando no goleiro Pêl, hora indo fora. Faltava organização tática para equipe do Atibaia, talvez por ser uma equipe que renova bastante todo ano.

O Atibaia continua tentando, mas falta um pouco de calma e qualidade na finalização.  A bola até chega com qualidade ao ataque, mas os atacantes andam pecando no momento primordial, a finalização.

A equipe do Atibaia começou bem o primeiro tempo, mas após tomar o gol, se retraiu e ficou tímido, trazendo a Ponte para dentro da equipe, o goleiro Romário continuou trabalhando bastante, até o fim do primeiro tempo, que terminou em vantagem para a Ponte Preta, 1 a 0.

Na segunda etapa, a Ponte Preta retornou da mesma forma que iniciou a primeira, sonolenta, o Atibaia pressionava, mas cometia os mesmo erros.

Aos 10minutos e 50segundos, o jogo ficou lá e cá por alguns minutos, aberto e franco, bonito de se ver para quem assistia pelo Youtube, via TV F7 Brasil ou na Playball ao vivo. Aos 12’, Bolinha bateu forte e com perigo, Pêl, fez linda defesa.

Aos 14’45, Depois de jogada individual de Cesinha, a bola sobrou para contra-ataque do Atibaia, por falta de atenção não percebeu a antecipação de Thithi, que recuperou a bola para Ponte e pela meia esquerda do ataque, acertou um belo chute de fora da área cruzado e rasteiro, no canto esquerdo de Romário, sem defesa, 2 a 0.

Aos 16’50, Vini interceptou, e ficou no um contra um e bateu forte, Romário defendeu. Na esquerda Cesinha se desesperava pedindo bola, sem marcação e em melhores condições de marcar.

Aos 23’26, após cobrança de escanteio, Alan bateu forte e Pêl fez excelente defesa evitando que o Atibaia encostasse-se ao marcador.

Um minuto mais tarde, contra-ataque do Atibaia, mas a finalização foi à esquerda de Pêl, sem sustos.

Aos 25’30, pressão total do Atibaia, mas Pêl em noite inspirada, evita que o Atibaia criasse animo para complicar a partida. A Ponte Preta tinha maior controle de bola e organizava melhor suas ações e chegava sempre com muito perigo ao gol de Romário.

No minuto final, em ligação rápida do goleiro Pêl para o ataque, Weber bateu forte em direção ao gol, da ala esquerda para o meio, Romário não segurou e a bola bateu em Cauê e morreu no fundo da rede, 3 a 0 para a Macaca, dando números finais a partida.

Destaque para os goleiros Pêl, da Ponte Preta e Romário do Atibaia, trabalharam bastante na noite desta quarta-feira, na Playball da Pompéia, em jogo valido pela 2ª rodada.

A Ponte Preta volta a campo, no Domingo (13) Dia das Mães, a partir das 10h10, onde encara o Santa Isabel. O Atibaia encara a Portuguesa no sábado (12), todos os jogos serão na Playball Pompéia.

Confira o jogo na integra:  Vídeo do Jogo