Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Presidente do Grêmio dispara contra a arbitragem do Gre-Nal: “Foi um escândalo”

Para o presidente gremista Romildo Bolzan Jr, não resta a menor dúvida sobre o motivo que fez o Grêmio empatar em 0x0 com o Inter, na Arena, neste sábado. Em breve coletiva após a partida pelo Brasileirão, ele disparou contra a arbitragem de Wilton Sampaio e reclamou de três pênaltis não marcados.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Eduardo Caspary/Torcedores.com

Bolzan, que considerou a arbitragem um “escândalo”, reclamou de um pênalti de Fabiano em Cortez, outro em Luan e uma mão na bola de Victor Cuesta.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

“A arbitragem foi um escândalo. Se é essa a arbitragem que o Brasil vai oferecer na Copa do Mundo, será um desastre. Três pênaltis, já tivemos problemas com esse árbitro”, disparou.

Veja a forte declaração do presidente do Grêmio na zona mista:

Bolzan ainda usou outros termos fortes como “leviana” e “desastrosa” para classificar a atuação da arbitragem. Com o empate, o tricolor interrompeu a série de vitórias na Arena e perdeu a chance de se aproximar dos líderes do Brasileirão. O próximo compromisso é na terça-feira, pela Libertadores, fora de casa, contra o Monagas.

LEIA MAIS:

Confusão entre D’Alessandro e Luan marca o final do Gre-Nal 416

“Chega de bandidos no futebol”, diz presidente do Inter depois de protesto na casa de dirigente

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud

As melhores notícias de esportes, direto para você