Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Copa do Mundo: jornal inglês revela “bicho” de duas seleções; veja quais

O jornal inglês Daily Mirror revelou, na tarde desta quinta-feira (28) o prêmio a ser recebido por atletas e técnicos em caso de título de duas seleções que disputam a Copa do Mundo. Por sinal, duas equipes que caíram no mesmo grupo e se enfrentaram no dia da publicação da notícia. Bélgica e Inglaterra prometem distribuir pequenas fortunas em gratificações para seus esquadrões.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Getty Images

O montante mais alto é o da Bélgica. Caso os Diabos Vermelhos vençam a Copa do Mundo, serão distribuídos R$ 46 milhões para o grupo de vinte e três jogadores.Ou seja: caso a distribuição seja equitativa, são R$ 2 milhões para cada atleta belga. Para o técnico da seleção, porém, a quantia é ainda maior. Mais que o dobro, por sinal. O “bicho” para Roberto Martínez é de R$ 5 milhões caso a taça vá para Bruxelas.

Para os jogadores ingleses, a quantia é mais módica – se comparado ao valor dos belgas, claro. Entretanto, o “bicho” não deixará de formar um novo milionário – não que os atletas já não sejam, obviamente. Caso a Inglaterra seja campeã, será distribuído R$ 24,6 milhões entre os vinte e três guerreiros do English Team – ou seja, pouco mais de R$ 1 milhão para cada um. O mais surpreendente é a premiação para Gareth Southgate, treinador da equipe. Caso ele leve os britânicos ao bicampeonato, ele será o feliz detentor de mais R$ 7,5 milhões em sua conta bancária.

LEIA MAIS
Imprensa da Inglaterra fala até em título da Copa do Mundo após goleada contra o Panamá; veja tweets
Harry Kane bate recordes em Tunísia x Inglaterra; saiba quais
Brasil x Bélgica pela Copa do Mundo de 2002 completa 15 anos
Veja quanto cada jogador do Corinthians vai receber caso vença o Majestoso
Torcedores comemoram retorno da Premier League à RedeTV!; confira tweets
Em coletiva da Copa do Mundo, zagueiro senegalês crava ida de técnico ao Chelsea