Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Adversário do Brasil nas oitavas da Copa, seleção do México sofre com epidemia no elenco

Brasil x México se enfrentam nas oitavas de final da Copa do Mundo nesta segunda-feira (2), em Samara, às 11h (Brasília). Às vésperas do embate decisivo, a seleção mexicana enfrenta um grande problema, já que alguns atletas e também o técnico Juan Carlos Osório sofrem com uma gripe.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Getty Images

A gripe pode ter sido causada devido ao calor intenso de Rostov, combinado ao ar condicionado do hotel. Segundo o jornal Universal, a seleção mexicana sofre com o problema desde a vitória diante da Coreia do Sul. Ainda segundo o periódico, “quando um atleta melhora, outro acaba infectado e desenvolvendo os sintomas”.

Sobre a partida, em entrevista coletiva, Guardado, capitão da seleção mexicana, tratou de dar uma alfinetada no atacante Neymar.

“Todos conhecemos o Neymar. Creio que não me corresponde julgar a ele. Só os árbitros e a Fifa. Com o VAR, tem que ver seu estilo de jogo. E o árbitro saber dirigir. Sabemos que ele gosta de exagerar nas faltas e se atirar muito”, afirmou Guardado, que posteriormente analisou a oportunidade do México chegar às oitavas de final da Copa do Mundo.

“Estamos nas oitavas de final, contra o Brasil. Não me motiva por ser meu último jogo no Mundial. Não passa pela minha cabeça. Me motiva o feito que é estar aqui. Estamos nas oitavas. Passamos por um jogo difícil e estamos aqui. Está nas nossas mãos. Sabemos que existe muito talento nessa seleção”, finalizou o capitão mexicana.

LEIA MAIS:

VEJA COMO A IMPRENSA BRASILEIRA REPERCUTE O DESEMPENHO DA SELEÇÃO NA PRIMEIRA FASE DA COPA