Campeão mundial, Rivellino vê Brasil melhor com Firmino e coloca quatro países favoritos ao título da Copa

Titular no tricampeonato da seleção brasileira em 1970, Rivellino confia no trabalho de Tite, mas vê espaço para o atacante Roberto Firmino.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

“Vejo o Brasil como um dos candidatos ao título. O Douglas Costa é um jogador que eu gosto muito, que tem essa característica de velocidade, do drible, do um contra um, assim como o Neymar. Já o Gabriel Jesus fica muito estático. Ele briga lá na frente, mas é mais fixo. O Firmino dá outra cara para a seleção brasileira, muda o estilo, porque é um jogador de muita movimentação, abre espaço para entrada, dá mais opções”, declarou Rivellino durante entrevista exclusiva ao Torcedores.com.

Rivellino (Foto: Bia Palumbo / Torcedores.com)

A conversa com o campeão mundial aconteceu antes do início do Mundial, quando ele participou de um evento em São Paulo. “Copa do Mundo é tradição. Tem a Alemanha, a Argentina que se classificou na bacia das almas mas tem nomes fortes, uma França interessante em termos de valores jovens, não vai sair muito disso aí”, analisou ao ser questionado sobre os favoritos à conquista da taça.

Com relação a Neymar, ele acredita que “é o grande momento da vida dele nessa obsessão que ele tem em ser o número 1 do mundo. Nada melhor do que uma Copa para ele chegar lá. Se o Brasil for bem, chegar pelo menos na final e ele mostrar o que sabe essa possibilidade aumenta”, garante.

O goleiro Cássio e o lateral direito Fagner (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Desta vez, o Corinthians tem dois representantes na seleção brasileira: Fagner e Cássio. Ambos são reservas, assim como Geromel, do Grêmio. Os três são os únicos dos 23 convocados que jogam no Brasil.

Ídolo no Parque São Jorge, Rivellino vê o lateral com mais chances de atuar na Copa. “Vejo ele com possibilidade maior de jogar até porque no Manchester City o Danilo atua de lateral esquerdo, volante etc. O Guardiola gosta dessas variações. Acredito até que quem possa aparecer naquele setor é o Marquinhos“, aposta.

COPA DO MUNDO FIFA RÚSSIA 2018

  • GRUPO A: Arábia Saudita, Egito, Rússia, Uruguai
  • GRUPO B: Espanha, Irã, Marrocos, Portugal
  • GRUPO C: Austrália, Dinamarca, França, Peru
  • GRUPO D: Argentina, Croácia, Islândia, Nigéria
  • GRUPO E: Brasil, Costa Rica, Sérvia, Suíça
  • GRUPO F: Alemanha, Coreia do Sul, México, Suécia
  • GRUPO G: Bélgica, Inglaterra, Panamá, Tunísia
  • GRUPO H: Colômbia, Japão, Polônia e Senegal

OS 12 ESTÁDIOS

  • Ekaterinburg Arena (capacidade: 33.061 torcedores), em Ekaterimburgo
  • Estádio Olímpico Fisht (44.287), em Sochi
  • Estádio de Kaliningrado (33.973), em Kaliningrado
  • Kazan Arena (42.873), em Kazan
  • Estádio Luzhniki (78.011), em Moscou
  • Mordovia Arena (41.685), em Saransk
  • Estádio de Nizhny Novgorod (43.319), em Nizhny Novgorod
  • Rostov Arena (43.472), em Rostov-on-Don
  • Samara Arena (41.970), em Samara
  • Estádio Krestovsky (67.000), em São Petersburgo
  • Otkrytie Arena (44.190), em Moscou
  • Volgogrado Arena (47.713), em Volgogrado

SELEÇÃO BRASILEIRA NA COPA DO MUNDO

Foto: Divulgação/CBF

17/06 – Brasil x Suíça (Rostov Arena), às 15h (de Brasília)
22/06 – Brasil x Costa Rica (Krestovsky Stadium), às 9h (de Brasília)
27/06 – Brasil x Sérvia (Otkrytiye Arena), às 15h (de Brasília)

OS 23 CONVOCADOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA

Goleiros: Alisson (Roma), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City)
Defensores: Danilo (Manchester City), Fagner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madri), Marcelo (Real Madrid), Miranda (Internazionale de Milão), Thiago Silva (PSG), Marquinhos (PSG) e Pedro Geromel (Grêmio)
Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Fred (Manchester United), Paulinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan), Willian (Chelsea), Philippe Coutinho (Barcelona)
Atacantes: Neymar (PSG), Gabriel Jesus (Manchester City), Roberto Firmino (Liverpool), Douglas Costa (Juventus), Taison (Shakhtar)

LEIA MAIS:
Antes e depois: Brasil tem quatro titulares com relação à estreia de 2014; confira
Fã de Neymar, equatoriano do Fluminense reforça torcida pela seleção brasileira na Copa do Mundo