Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Chapecoense desiste de contratar meia por conta de regulamento da CBF

A Chapecoense está no mercado em busca de um meio-campista para suprir suas carências ofensivas. O nome desejado pela diretoria seria o de Alan Mineiro, ex-Corinthians e que atualmente defende o Vila Nova. Mas uma regra da CBF melou a negociação.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Reprodução / Instagram

De acordo com o portal GloboEsporte.com, a Chapecoense já havia acertado valores com o meia-atacante, que iria embarcar para assinar com o Verdão. Mas a CBF impede que o atleta atue por três clubes diferentes em competições nacionais no mesmo ano.

Alan Mineiro iniciou a temporada atuando com a camisa do Fortaleza, onde disputou as primeiras partidas da Série B. Em seguida, transferiu-se para o Vila Nova, onde também já atuou em jogos da segunda divisão. Desta forma, não poderia defender a equipe de Chapecó no Campeonato Brasileiro.

Atualmente com 30 anos, Alan Mineiro se destacou em 2015 com atuações pelo Bragantino na Série B, marcando 12 gols na competição. Após ser contratado pelo Corinthians, ele não desempenhou o que era esperado e passou a ser emprestado. Em 2017, jogou pelo Vila Nova e retornou à equipe goiana depois de insucesso no Fortaleza.

Sem poder contar com o jogador, a Chapecoense volta a vasculhar o mercado em busca de um nome ideal para compor o elenco visando a sequência do Brasileirão e da Copa do Brasil.