Futebol

Emprestado até 2019, clube do Japão quer antecipar compra de meio-campista do Cruzeiro

Publicado às

Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Divulgação/Nagoya Grampus/site oficial

Com a parada para a Copa do Mundo, a tendência é que o mercado da bola seja movimentado nos clubes brasileiros. Inclusive, o Cruzeiro pode ter um reforço nos cofres, já que o Nagoya Grampus, , quer antecipar a compra dos direitos do meia Gabriel Xavier.

Apesar da busca pela antecipação do negócio com o Cruzeiro, os dirigentes do Nagoya Grampus querem um desconto no valor do atleta, avaliado em R$ 4 milhões, quantia referente a 32,5% do passe do atleta, ou seja, a fatia pertencente ao clube mineiro.

O empresário do jogador do Cruzeiro, Júnior Pedroso, confirmou ao portal Globoesporte.com que as diretorias da Raposa e do Nagoya mantém conversas para antecipar a transação, contudo, o desconto pretendido pelos japoneses no valor do passe de Gabriel Xavier, além da equipe ser a última colocada no Campeonato Japonês são empecilhos neste momento.

“Tem a opção de compra no final de janeiro de 2019. Eles estão conversando com o Cruzeiro, mas queriam pagar menos por causa da antecipação. Quando os clubes se acertarem, é que vão nos chamar para a conversar”, afirmou Pedroso ao Globoesporte.com.

Por outro lado, a diretoria do Cruzeiro se mostrou conservadora em relação a negociação e afirmou que não foi procurada pelo clube nipônico. Desde que chegou ao Nagoya no mês de julho do ano passado, Gabriel Xavier esteve em campo em 31 oportunidades e balançou as redes em 12 ocasiões.

Caso feche com o clube do Japão, a tendência é que o contrato com Gabriel Xavier seja de três temporadas.

LEIA MAIS:

CRUZEIRO PODE NEGOCIAR ATÉ SEIS JOGADORES DURANTE A PARADA PARA A COPA DO MUNDO