Colômbia elimina Polônia e ainda está viva no Grupo H da Copa

A Colômbia segue viva na Copa do Mundo. Neste domingo (24), em Volgogrado, a seleção sul-americana venceu a Polônia por 3 a 0, e só depende de si para avançar as oitavas de final. Para isso, precisa vencer Senegal na última rodada, o confronto está marcado para a próxima quinta-feira (28), às 11h (de Brasília). Com o segundo revés seguido, a cabeça de chave europeia frustra as expectativas, se despedindo precocemente.

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino.

Crédito: Getty Images

Situação do grupo

O Grupo H ficou embolado com os resultados da segunda rodada. Japão e Senegal dividem a primeira posição ambos com quatro pontos. Matematicamente, precisam de um empate no encerramento da primeira fase para carimbar o passaporte. Os asiáticos encaram a eliminada Polônia, enquanto os africanos tem uma espécie de “mata-mata” diante da Colômbia.

Os gols

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Ainda no primeiro tempo, em boa jogada de James Rodríguez, o ex-palmeirense Mina subiu de cabeça para inaugurar o marcador. Sem outra alternativa, os europeus se lançaram para o ataque na etapa complementar, e cirurgicamente os colombianos liquidaram o jogo.

Aos 24 minutos, Quintero deu uma bela enfiada entre a retaguarda polonesa, Falcão García avançou em velocidade e bateu na saída do goleiro: 2 a 0. Cinco minutos depois veio o golpe final. James Rodríguez deu um exímio passe para Quadrado, o meia da Juventus avançou e bateu no canto direito para fechar a conta em favor dos sul-americanos.

Festa do lado colombiano, e total frustração dos poloneses, que chegaram à Rússia com boas expectativas de ir longe na competição

 

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

LEIA MAIS:
SINCERO, TÉCNICO DO PANAMÁ RECONHECE FALTA DE EXPERIÊNCIA: “VIEMOS MUITO VIRGENS”
TORCIDA DO GRÊMIO PROVOCA TORCEDORES DO INTER APÓS 6×1 DA INGLATERRA: “VIROU GRENAL”
COPA DOS PÊNALTIS? NÚMERO DE PENALIDADES NA RÚSSIA JÁ SUPERA MUNDIAL NO BRASIL