Lutas

Conor McGregor comparece à audiência por confusão no UFC

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial Conor McGregor

Conor McGregor esteve nesta quinta-feira (14) em um tribunal do Brooklyn, em Nova York (EUA). O lutador do UFC teve que prestar esclarecimentos sobre as acusações feitas ao irlandês sobre a confusão que este se envolveu no media day do UFC 223, em abril passado.

Além do ‘Notorious’, um de seus colegas de time que participou do incidente, Cian Cowley, também esteve no tribunal. Ambos, através de seus advogados, iniciaram um acordo judicial que deve ser peticionado no dia 26 de julho, quando haverá uma nova audiência do caso.

McGregor recebeu três acusações de agressão e outra de conduta criminosa pelo ataque, no qual o irlandês ao lado de colegas de time, invadiram o Barclays Center durante o media day do UFC 223. O lutador atirou um carrinho de mão contra um ônibus que continha vários lutadores que participariam no card. Entre eles, Khabib Nurmagomedov, que seria o principal alvo do irlandês. O russo, que enfrentou Al Iaquinta no card, teve uma discussão com um dos colegas do ‘Notorious’, Artem Lobov, num hotel no dia anterior a confusão.

O irlandês foi preso, juntamente com Cowley, que também foi denunciado. Sob pagamento de fiança, ambos foram autorizados a voltar à Irlanda. Mas com o encontro marcado com a Justiça americana para tratar do caso, o que ocorreu nesta quinta.

“Hoje, iremos nos focar na audiência. Não iremos falar de outras coisas até que isto seja resolvido. Agora, estamos negociando com o promotor, então o foco será este e depois o futuro”, disse ao site MMAFighting o agente do irlandês, Audie Attar.

LEIA MAIS

Ex-jogador da NFL acusado de agressão à ex-namorada assina com o UFC; saiba mais

Henry Cejudo diz pensar em Demetrious Johnson ‘todos os dias’ por luta

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial Conor McGregor)