No ‘Conversa com Bial’, Rivellino reprova estreia do Brasil na Copa e critica desempenhos de Neymar e Tite

Tricampeão mundial pela seleção brasileira em 1970, Rivellino é um dos convidados do programa “Conversa com Bial”, da TV Globo, que vai ao ar na madrugada desta quinta-feira (21). O Torcedores.com teve acesso exclusivo a um trecho da atração, que abordou, entre os temas, a estreia do Brasil na Copa do Mundo da Rússia. E o ex-jogador foi bem crítico.

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Fábio Rocha/TV Globo

“A estreia me decepcionou, não gostei. O jogo valeu até quando fez o gol, mas, depois, o time perdeu a vontade de jogar, se acomodou naquela situação. O Neymar não fez uma grande partida, os outros jogadores sumiram em campo e o Tite mudou errado. Mas ainda considero o Brasil como um dos favoritos”, destacou Rivellino sobre o empate em 1 a 1 com a Suíça, não poupando o atacante Neymar e o técnico Tite.

Raí também não aliviou fraca estreia verde e amarela

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Tetracampeão mundial em 1994, Raí também participou do bate-papo com Bial. O ex-meia alertou a seleção e disse que a Costa Rica, adversária nesta sexta-feira (22), pela segunda rodada da fase de grupos, não será parada fácil para os comandados de Tite.

“O Tite é ousado por jogar com quatro jogadores na frente, mas, além de criar, eles têm que se doar também, voltar para marcar. Vou contar uma coisa: nos anos 1990, quando eu jogava no Botafogo de Ribeirão Preto, fizemos uma excursão pela América Central e pelo Caribe e jogamos contra a Costa Rica. Ganhamos de 3 a 0! Hoje, a Costa Rica está na Copa, o que mostra que não há mais time bobo”, comentou Raí.

VEJA MAIS
OPINIÃO: CBF NÃO TEM CARÁTER PARA RECLAMAR DO ÁRBITRO DE VÍDEO