Torcedores – Notícias Esportivas

França x Peru: tudo o que você precisa sobre a partida

A França enfrenta o Peru pela segunda rodada do grupo C, na quinta (21), ao meio-dia (horário de Brasília), na Arena Ekaterinburg.

Vítor Machado
Colaborador do Torcedores

Crédito: Federação Francesa de Futebol

Para a partida, o técnico Ricardo Gareca terá o atacante Paolo Guerrero entre os titulares. O jogador que foi preservado diante da Dinamarca por conta da falta de ritmo de jogo, entra na vaga de Farfán.

Em entrevista coletiva, o lateral Luís Advíncula afirmou que vencer a França não é impossível.

“O futebol é um jogo entre homens, portanto, qualquer coisa pode acontecer. Vamos a campo pensando que temos condições de jogarmos de igual para igual com a França e tentarmos a vitória”, explicou o lateral-direito

Já a França terá duas mudanças para esta partida. O meia Blaise Matuidi e o atacante Olivier Giroud entram na equipe, respectivamente, nas vagas de Corentin Tolisso e Ousmane Dembelé.

O técnico Didier Deschamps cobrou uma melhora na qualidade de jogo de sua equipe, que esteve longe dos bons momentos contra a Austrália.

“Podemos e devemos fazer um jogo melhor contra a seleção peruana. Vamos encarar um adversário que vai exigir ainda mais da gente pela qualidade e velocidade com que joga. Precisamos ficar atentos”, disse Deschamps.

FICHA TÉCNICA

FRANÇA: Hugo Lloris; Benjamin Pavard, Raphaël Varane, Samuel Umtiti e Lucas Hernández; N’Golo Kanté, Blaise Matuidi e Paul Pogba; Kylian Mbappé, Antoine Griezmann e Olivier Giroud
Técnico: Didier Deschamps

PERU: Pedro Gallese; Luis Advíncula, Christian Ramos, Alberto Rodríguez e Miguel Trauco; Pedro Aquino, Yoshimar Yotún, André Carillo (Andy Polo), Renato Tapia (Edison Flores) e Christian Cueva; Paolo Guerrero
Técnico: Ricardo Gareca

Local: Arena Central, em Ekaterimburgo (Rússia)
Data: 21 de junho de 2018 (Quinta-feira)
Horário: 12h( de Brasília)
Árbitro: Moham Abdulla (Emirados Árabes Unidos)
Assistentes: Mohamed Alhammadi (Emirados Árabes Unidos) e Hasan Almahri (Emirados Árabes Unidos)

LEIA MAIS: SENEGAL É A PRIMEIRA SELEÇÃO AFRICANA A VENCER UM JOGO NA COPA 2018