Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Gremistas se derretem com atuação de Mário Fernandes pela Rússia: “Que saudades”

O sentimento de nostalgia dominou o torcedor gremista que reservou a tarde desta terça-feira para acompanhar Rússia 3×1 Egito, pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo. Assim como já havia acontecido na goleada dos anfitriões por 5×0 sobre a Arábia Saudita na abertura, o brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes voltou a atuar com grande destaque e foi autor da assistência para o segundo gol marcado por Cheryshev.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A jogada foi bem característica dentro daquilo que já era apresentado pelo lateral no seu período no Grêmio: apoio em direção à linha de fundo, habilidade e cruzamento preciso. A bela assistência, casada com a grande atuação, foi um prato cheio para diversos torcedores do Grêmio demonstrarem saudades do jogador através das redes sociais – veja as mensagens abaixo.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

Logo após a partida de estreia diante dos árabes, o defensor conversou com a reportagem da Rádio Gaúcha e recordou o período em que defendeu o tricolor entre 2009 e 2012. Ao passo que demonstrou “gratidão”, reconheceu que cometeu excessos na noite de Porto Alegre.

“Todo mundo sabe que quando eu jogava em Porto Alegre eu saía e bebia mesmo. Hoje não faço mais”, admitiu. No entanto, o defensor não esconde a importância que o tricolor teve para o crescimento da sua carreira: “O Grêmio é muito importante na minha vida. Foi o clube que me lançou profissionalmente a jogar. Sou grato ao Grêmio”.

Em abril de 2012, o Grêmio oficializou a venda de Mário Fernandes ao CSKA Moscou, da Rússia, por cerca de 15 milhões de euros – dos quais o tricolor tinha direito a 50%. O jogador defende o mesmo clube até hoje.

Em 2011, um episódio curioso o afastou da seleção brasileira quando, apesar de convocado, não se apresentou para jogar o Superclássico das Américas alegando problemas pessoais. Em 2014, defendeu o Brasil em um amistoso contra o Japão, mas, como não disputou a Copa do Mundo no mesmo ano, convenceu-se de que deveria, sim, optar pela naturalização russa.

No Twitter, gremistas não escondem a saudade do ex-lateral:

 

Especial: relembre as frases mais marcantes de Renato Gaúcho em 2018

LEIA MAIS:

Quem são os cinco ex-jogadores do Grêmio presentes na Copa do Mundo

SporTV divide a tela para mostrar chegada da seleção e irrita torcedores do Inter

A coletiva de Renato Gaúcho depois da vitória do Grêmio sobre o América-MG

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud

 

As melhores notícias de esportes, direto para você