“Lendária”: imprensa internacional repercute adeus de Maria Esther Bueno

Na noite desta última sexta-feira (08/06), o esporte brasileiro e mundial perdeu um nome inesquecível: Maria Esther Bueno. Campeã de Wimbledon e do US Open, a tenista faleceu em São Paulo, aos 78 anos, em decorrência de um câncer. A notícia do falecimento de Maria Esther Bueno não ressoou apenas no Brasil. Na imprensa internacional, o adeus da Bailarina do Tênis também repercutiu.

Jean Lucas
Jornalista, com passagens por Bandsports e FOX Sports. Fascinado por contar (e ouvir) histórias. Vive o futebol 48h por dia.

Crédito: Maria Esther Bueno faleceu nesta última sexta aos 78 anos (Fotojump)

The Mirror, Inglaterra

Um dos principais tabloides da Inglaterra, o Mirror noticiou o falecimento de Maria Esther Bueno e lembrou dos feitos da tenista brasileira. “Jogadora feminina mais bem sucedida da América do Sul”, ressaltou o veículo britânico.

Le Parisien, França

Na França, o jornal Le Parisien informou o adeus de Maria Esther Bueno e produziu uma pequena matéria rememorando a carreira da tenista. O jornal francês relembrou que Maria Esther Bueno jogava tênis com regularidade até o ano passado.

El País, Espanha

No principal jornal espanhol, El País, o adeus de Maria Esther Bueno foi motivo de homenagens. O jornal El País se referiu à Maria Esther Bueno como “lendária tenista brasileira” e citou o trabalho da ex-atleta como comentarista. “Sempre sorrindo em suas aparições na televisão”, relatou o veículo espanhol.

LEIA MAIS

Cinco fatos marcantes da carreira de Maria Esther Bueno