Futebol

Mercado da bola: Corinthians negocia a contratação do lateral Danilo Avelar

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Divulgação/Amiens

O lateral-esquerdo Danilo Avelar, do Torino-ITA, voltou à pauta do Corinthians. O clube tenta a contratação do jogador de 29 anos, que na última temporada defendeu o Amiens-FRA por empréstimo. Ele disputou 25 jogos e marcou um gol.

De acordo com o Globoesporte.com, o Timão apresentou aos italianos uma oferta de empréstimo por um ano. Vale lembrar que no final da temporada passada, o Timão tentou acordo para ter Avelar como substituto de Guilherme Arana, que se transferiu ao Sevilla, porém Torino e Amiens não toparam o negócio por empréstimo.

O lateral manifestou o desejo de voltar ao Brasil após oito anos na Europa. O pai do jogador é torcedor corintiano.

O empresário Fernando Garcia, dono da Elenko Sports, está na Europa tentando resolver a situação do cliente. O Corinthians confia no acerto, mas adota cautela e ainda não vê o negócio fechado.

Além de Torino e Amiens, Danilo Avelar defendeu na Europa o Cagliari-ITA, o Schalke 04-ALE, Karpary Lviv-UCR.

Vale lembrar que o elenco corintiano dispõe dos laterais-esquerdos Sidcley e Juninho Capixaba, contratados no início da temporada. O primeiro, que está emprestado pelo Atlético-PR, até o final de dezembro, é o dono da posição. Já o segundo, que veio do Bahia, iniciou a temporada como titular, mas não agradou e virou opção entre os reservas.

Para ficar com Sidcley em definitivo ao final do empréstimo, o Corinthians teria de pagar 3 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões), valor considerado muito alto.

VEJA TAMBÉM:

Jô nega pedido para deixar o Japão e voltar ao Corinthians: “estou muito feliz aqui” 

Veja os atletas do Corinthians que poderão assinar pré-contrato com outros times em julho 

Loss vê pressão pelos seus antecessores, mas ressalta: ‘Corinthians tem pressão desde sua criação’