Caso seja campeão do NBB, Paulistano quebra tabu de 22 anos; veja qual

Paulistano/Corpore (CAP) e Mogi das Cruzes/Helbor se enfrentam nesse sábado (02) pelo Jogo 4 das finais do NBB – Novo Basquete Brasil. O CAP lidera a série por 2×1, e, caso vença a partida de hoje, quebra um tabu de 22 anos. Desde a temporada 1996 uma equipe da cidade de São Paulo não vence o principal torneio do basquetebol brasileiro.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: João Pires/LNB

Em 1996, o campeão nacional foi o Corinthians/Amway, que tinha em sua equipe Oscar Schmidt. Além dele, James Carter, Fernando Minucci, Mingão e McIver faziam parte do elenco titular. O técnico era Flor Melendez. A final foi contra o xará Corinthians/Pony, dirigido por Ary Vidal. O próprio Paulistano (CAP) nunca venceu o maior título nacional em disputa.

A cidade de São Paulo é a que mais vezes foi campeão nacional de basquete. Ao todo, são dezessete títulos. Sete do Sírio, cinco do Monte Líbano, quatro do Corinthians e um do Palmeiras.

Vale destacar, também, a mudança da nomenclatura do campeonato de 1996 até aqui. O NBB surgiu em 2008, organizado por uma liga de clubes. Antes, a organização era da CBB e era conhecido como Campeonato Nacional de Basquete. Na temporada 2005/2006 houve um campeonato paralelo, já organizado por clubes: a Nossa Liga de Basquete (NLB). O torneio foi vencido pela Winner, da cidade de Limeira.

Em 2006, um imbróglio resultou no cancelamento do torneio. COC/Ribeirão Preto e Mariner/Unimed/Franca eram os finalistas, mas o Universo/BRB/Brasília entrou na Justiça contra o Telemar/Rio de Janeiro por conta da escalação de um jogador irregular. Com a vitória, os candangos passavam a ter direito a uma vaga na final por força do regulamento. O torneio, então, foi cancelado.

Confira os campeões nacionais desde o último título de São Paulo, separados por clube e cidade

1996 – Corinthians/Amway (São Paulo)
1997 – Cougar (Franca)
1998 – Marathon (Franca)
1999 – Marathon (Franca)
2000 – Vasco da Gama (Rio de Janeiro)
2001 – Vasco da Gama (Rio de Janeiro)
2002 – Tilibra/Copimax (Bauru)
2003 – COC (Ribeirão Preto)
2004 – UNIT (Uberlândia)
2005 – Telemar (Rio de Janeiro)
2006 – Não houve campeão
2007 – Universo/BRB (Brasília)
2008 – Flamengo/Petrobras (Rio de Janeiro)
2009 – Flamengo (Rio de Janeiro)
2009/2010 – Universo/BRB/Financeira (Brasília)
2010/2011 – UniCEUB/BRB (Brasília)
2011/2012 – UniCEUB/BRB (Brasília)
2012/2013 – Flamengo (Rio de Janeiro)
2013/2014 – Flamengo (Rio de Janeiro)
2014/2015 – Flamengo (Rio de Janeiro)
2015/2016 – Flamengo (Rio de Janeiro)
2016/2017- Gocil (Bauru)

LEIA MAIS
Brasília não terá representante na próxima temporada do NBB
Sem pretensões na temporada, New York Knicks se prepara para o futuro
Las Vegas ganha seu primeiro time em major leagues – e outro virá