Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Opinião: De virada, São Paulo perde invencibilidade no Choque-Rei

Caro torcedor Tricolor, caiu o último invicto do Campeonato Brasileiro 2018. No Allianz Parque, o São Paulo sucumbiu diante do Palmeiras, num jogo de dois tempos muitos distintos, um de melhor proposta são paulina de jogo e outro de um atropelo verde que premiou os mandantes com a vitória no Choque-Rei desse sábado à noite.

Wesley Alencar
Jornalista."Foi difícil chegar onde cheguei, mas ainda não cheguei a lugar nenhum" - Lucas Silva, Flamengo

Crédito: Créditos da Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O São Paulo jogou o primeiro tempo muito bem, apesar de ter sido uma etapa pilhada, parada e de muito nervosismo. A equipe Tricolor conseguiu anular o time do Palmeiras e usou o mal momento que o adversário passava a seu favor, tanto que mal há lances agudos do verde na primeira etapa. O São Paulo usufruiu muito dos erros alviverdes para cadenciar o jogo a seu ritmo e conseguir suas principais jogadas, como no lance do gol de Marcos Guilherme, em que Dracena toca de cabeça para trás e o atacante são paulino vai até o último instante atrapalhando a vida de Jaílson (o gol foi contra Seu Juiz!).

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Créditos da Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O time apresentava, até então, todas as boas características que já vínhamos acompanhando e apontando nas partidas anteriores, e era necessário que as mantivesse para sair do Allianz com seu primeiro ponto conquistado, mas não foi o que aconteceu. O Palmeiras voltou para o segundo tempo em outro ritmo, não disposto a manter a partida travada, foi ao ataque nos primeiros minutos e engatou uma pressão fatal para o Tricolor, que sucumbiu em pouco tempo.

Créditos da Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Teve desatenção na zaga, contragolpe não dando certo, chutão para onde o nariz estava apontado, falha individual e toda a organização do sistema de jogo que fez o SPFC um time de topo de tabela desapareceu, e a equipe encontrou sua primeira derrota na competição. Mérito total do Palmeiras pela proposta de jogo no segundo tempo, mas vacilo do time Tricolor que, como o próprio Nene disse na beira do gramado ao final do jogo, entrou sem a concentração necessária para manter a vitória após o intervalo.

Créditos da Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

A arbitragem de Rodolpho Toski Marques e seus auxiliares foi muito turbulenta: inverteram várias faltas, deixaram de marcar algumas outras claras, validaram gol irregular e acabaram deixando o campo contestados pelos dois lados do clássico. E, cá para nós, Sidão falhou em 2 dos três gols sofridos hoje pelo São Paulo: no primeiro espalmando nos pés de William; no terceiro quando Dudu cabeceia em suas mãos, ainda que com violência, e o goleirão são paulino deixou passar… Parte da derrota vai na conta dele.

Créditos da Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Uma hora ou outra a derrota apareceria nos scouts tricolores do Brasileirão, e a grande dúvida agora é como a equipe responderá a isso sem muito tempo para reflexão, porque já na próxima terça-feira a equipe encara o Internacional pela 10º rodada e, para aquilo que a equipe se propôs dentro do campeonato em seus discursos, não poderá ser uma resposta negativa.