Futebol

OPINIÃO: Espanha pode ter perdido a Copa antes mesmo de começar

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Seleção da Espanha

Apontada como uma das favoritos, a Espanha pode ter perdido a Copa do Mundo antes mesmo do torneio começar. Nesta quarta-feira (13), o presidente da federação do país, Luis Rubiales, comunicou a demissão do técnico Julen Lopetegui.

Historicamente, problemas extra-campo interferem no desempenho das equipes. Basta ver o Uruguai depois da punição a Suárez em 2014, a França em 2010 com a relação entre Raymond Domenech e Anelka; a baladeira preparação brasileira em 2006, e por aí vai.

Demitir um treinador a quase 48 horas da estreia no mundial é rasgar todo o trabalho que vinha sendo realizado desde então. Rubiales se precipitou, agiu por impulso e no calor do momento e pode ser extremamente prejudicial para a seleção.

Não estou falando, entretanto, que Lopetegui agiu certo. Muito pelo contrário. O anúncio como técnico do Real Madrid poderia ter acontecido posterior à participação espanhola na Copa do Mundo. Houve erro na gestão do conteúdo. Talvez uma soberba por parte do empresário.

O treinador escolhido foi Fernando Hierro, que era diretor de futebol até pouco tempo. A seleção parece estar sem comando, ficando sem rumo, ainda mais dependente de líderes como Sergio Ramos, Piqué e Iniesta. A estreia no mundial é nesta sexta (15) diante de Portugal.

LEIA MAIS
ESPANHA DEMITE LOPETEGUI A DOIS DIAS DE ESTREIA NA COPA DO MUNDO
KEYLOR NAVAS DIZ NÃO TEMER BRASIL NA COPA: “NÃO FARÃO NOSSAS PERNAS TREMEREM”
SAMPAOLI ESBOÇA ESCALAÇÃO DA ARGENTINA PARA ESTREIA NA COPA DO MUNDO