Futebol

Pesquisa aponta quem os brasileiros menos querem ver como campeão da Copa, e não é a Argentina

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Apesar da rivalidade, a Argentina ficou em segundo lugar na pesquisa com brasileiros realizada pelo Instituto Alexandria Big Data, em parceria com o globoEsporte.com. O primeiro lugar foi da Alemanha.

A pesquisa contou com a resposta de 1642 brasileiros de diversas regiões do país.

A pergunta feita foi a seguinte: “De todas as seleções que disputarão a Copa do Mundo, qual delas você não quer que vença?”.

A resposta de 36% dos entrevistados foi Alemanha, Enquanto 29% apontaram a seleção da Argentina. Em quarto lugar veio a França, com 3,4% dos votos.

Pelo visto o torcedor brasileiro guardou ressentimento do jogo em que a Alemanha goleou o Brasil por 7 x 1 na Copa de 2014.

O Brasil também apresenta um histórico com a França, que eliminou a seleção em duas ocasiões no mundial.

Porém, a resposta mais surpreendente foi a que ocupou o terceiro lugar. 6,9% dos entrevistados responderam que o próprio  Brasil era a seleção que eles menos gostariam que fossem campeões da Copa do Mundo de 2018.

A pesquisa também questionou quem os torcedores acreditavam que virá a ser o melhor jogador da competição.

Quase 50% dos entrevistados responderam o mesmo nome: Neymar Júnior.

O 10 do Brasil teve 49,2% dos votos a possível melhorjogador da Copa do mundo.

O segundo mais votado foi o atual melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo, com 13,6% e Lionel Messi, ficou em terceiro lugar com 10% dos entrevistados.

Quando a pergunta foi sobre o artilheiro da competição a resposta foi a mesma: Neymar, com 36% dos votos.

Seguido novamente por Cristiano Ronaldo,com 16,9% dos votos. Mas desta vez o terceiro lugar ficou para Gabriel Jesus, votado por 12,8% dos entrevistados.  Messi ficou em quarto, com 9,3% dos votos.

Quanto ao goleiro os brasileiros acreditam que também tem o melhor na posição. Alisson levou a melhor. A lista continha 12 atletas da posição e o goleiro da seleção brasileira venceu na categoria com 42,3% dos votos.

Logo depois veio Neuer, com 25,9%. De Gea, da Espanha, ficou com o terceiro lugar, com 5,6% dos votos.