Futebol

Quem é daltônico teve problemas para acompanhar o jogo de abertura da Copa do Mundo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Foto: Catherine Ivill/Getty Images

Crédito: MOSCOW, RUSSIA - JUNE 14: Aleksandr Golovin of Russia and Salem Aldawsari of Saudi Arabia battle for possession during the 2018 FIFA World Cup Russia Group A match between Russia and Saudi Arabia at Luzhniki Stadium on June 14, 2018 in Moscow, Russia.

Começou nesta quinta-feira (14) a Copa do Mundo, com a partida de abertura entre a Rússia, anfitriã desta edição da competição, e a Arábia Saudita. E a goleada russa por 5 a 0 não foi vista do mesmo jeito para quem sofre de discromatopsia, mais conhecida como daltonismo. O problema faz com que a pessoa tenha a percepção alterada de algumas cores, principalmente verde, vermelho e azul – justamente as cores dos uniformes dos dois times que entraram em campo.

A Rússia jogou com seu uniforme vermelho e branco, e com azul no meião. Já a Arábia Saudita jogou com uniforme completamente verde. O resultado? Foi assim que os daltônicos viram o jogo de abertura da Copa:

De acordo com uma matéria publicada pela revista Mundo Estranho, o daltonismo “afeta células localizadas na nossa retina, chamadas de cones, que são as responsáveis por percebermos cada uma dessas cores (verde, vermelho e azul)“. Ainda de acordo com a publicação, “não existe tratamento ou cura, porém é possível encontrar lentes e óculos que ajudam a minimizar o problema.”