DESTAQUE

Rússia supera Brasil e agora tem maior goleada em aberturas de Copas

Publicado às

Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.

Foto: MOSCOW, RUSSIA - JUNE 14: Aleksandr Golovin of Russia and Salem Aldawsari of Saudi Arabia battle for possession during the 2018 FIFA World Cup Russia Group A match between Russia and Saudi Arabia at Luzhniki Stadium on June 14, 2018 in Moscow, Russia. (Photo by Catherine Ivill/Getty Images)

Crédito: Catherine Ivill/Getty Images

A Rússia já conseguiu um feito histórico na Copa do Mundo de 2018, da qual é anfitriã. A seleção russa fez a maior goleada da história das aberturas das Copas. O placar de 5 a 0 sobre a Arábia Saudita, em partida realizada nesta quinta-feira (14), também manteve a invencibilidade dos donos das casa em aberturas: nunca houve uma derrota. A maior goleada havia sido do Brasil, em 1950, sobre o México, por 4 a 0, no dia 24 de junho daquele ano.

Há uma partida com placar mais elástico na história das Copas. A Itália, país-sede da Copa de 1934, venceu os Estados Unidos por 7 a 1 em sua primeira partida naquele ano. Porém, todos os jogos das oitavas de final (a Copa era disputada em mata-mata direto) começaram ao mesmo tempo. Por isso, o Torcedores não considera nenhum dos oito jogos como “partida de abertura”.

Em 1954, o Brasil venceu o mesmo México por 5 a 0, mesmo placar da vitória russa desta quinta, no primeiro jogo iniciado na Copa do Mundo. No entanto, a partida começou às 17h10 e dividiu atenções com Iugoslávia 1 x 0 França, iniciado apenas 50 minutos depois, além de Uruguai 2 x 0 Tchecoslováquia, e Áustria 1 x 0 Escócia, que começaram às 18h. O jogo do Brasil em 1950 foi o único realizado no dia da abertura e não teve simultaneidades.

Os gols da Rússia foram marcados por Cheryshev (dois), Dzyuba, Golovin e Gazinsky, este o autor do primeiro gol da Copa do Mundo de 2018. A partida teve domínio absoluto dos donos da casa, que só tiveram que segurar o time saudita em algumas oportunidades nos primeiros minutos.

Em 2014, o Brasil venceu a Croácia na abertura da Copa do Mundo por 3 a 1, de virada. Na ocasião, o lateral Marcelo foi o responsável pelo primeiro gol do Mundial, mas contra a própria meta. A seleção brasileira de Felipão teve que virar a partida para conquistar os três pontos.

Desde que o país-sede voltou a fazer o jogo de abertura da Copa, em 2006, apenas a África do Sul não fez a “lição de casa”. O time comandado por Parreira apenas empatou com o México, em 1 a 1, na Copa de 2010, mesmo após ter saído na frente no marcador.

Antes de 2006, os atuais campeões faziam a abertura do Mundial seguinte. A França foi a última seleção que teve essa honra, que acabou desperdiçada na histórica derrota por 1 a 0 para Senegal. Outra campeã que passou vexame na estreia foi a Argentina, derrotada por Camarões pelo mesmo placar na abertura de 1990, na Itália.

LEIA MAIS
COPA NOS GAMES: RELEMBRE COMO VOCÊ FEZ PARA SIMULAR CADA EDIÇÃO