Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Saiba o que a Alemanha precisa na última rodada para se classificar às oitavas da Copa

Após o final da segunda rodada, a Copa do Mundo entrará em sua primeira semana de decisões, com os jogos que vão definir os 16 classificados para a fase de oitavas de finais. Seleções como a Alemanha fazem suas contas para saberem o que precisam para avançar no Mundial.

Victor de Freitas
Baiano, 25 anos, jornalista formado pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Getty Images

Segunda maior campeã da história dos Mundiais, a Alemanha viveu um drama antes de conquistar sua primeira vitória na edição de 2018 da Copa do Mundo. Após perder na estreia, a seleção germânica se viu na obrigação de vencer as duas partidas que lhe restavam para garantir vaga nas oitavas. O primeiro resultado positivo foi conquistado.

Após duas rodadas, a seleção alemã possui três pontos e está posicionada na segunda colocação do grupo F. Confira o que os atuais campeões do mundo precisam fazer para garantir classificação.

PARA SE CLASSIFICAR:

A Alemanha depende de si mesma para garantir seu posto entre os 16 melhores do mundo. Será necessário vencer a Coreia do Sul por um placar que lhe deixe com saldo de gols superior a Suécia ou México.

Atualmente, o México tem seis pontos e dois gols de saldo. Alemanha e Suécia têm três pontos e 0 de saldo.

CLASSIFICAÇÃO EM 1º LUGAR

Para terminar em primeiro lugar, a seleção dirigida por Joachim Low vai precisar fazer seu resultado diante da Coreia do Sul – de preferência por mais de dois gols de diferença – e torcer por uma derrota do México, desde que não seja por um placar maior do que o seu.

LEIA MAIS SOBRE A COPA:
Cristiano Ronaldo tem mais gols que Pelé e Maradona juntos em jogos oficiais de seleções
Grupo B da Copa do Mundo segue com Cristiano Ronaldo como artilheiro
Mais de 99% da população da Islândia assistiu ao empate com a Argentina na Copa