Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Treinador da Arábia Saudita sobre estreia na Copa: “Não estivemos nem perto do que podemos fazer”

Após sofrer uma goleada de 5 a 0 para a Rússia na abertura da Copa do Mundo, a Arábia Saudita quer ‘juntar os cacos’ e conseguir um resultado positivo nos dois próximos jogos. Foram essas algumas das palavras do argentino Juan Antonio Pizzi, treinador dos sauditas.

Daniel Gois
Estudante de jornalismo da Universidade Católica de Santos. No Torcedores desde janeiro de 2017, escreve sobre futebol, basquete, formula 1 e eventualmente games.

Crédito: Matthew Ashton - AMA/Getty Images

Pizzi afirma que a goleada trouxe uma sensação de vergonha para os jogadores da Arábia Saudita, que querem mudar a imagem da Seleção no próximo jogo da Copa.

“Não sei se enfrentar o país-sede interferiu no resultado. O que está claro que é que estivemos muito longe do que podemos. O time da casa precisou de muito pouco para abrir uma vantagem inexplicável. Temos que pegar essa sensação de vergonha e pensar na próxima partida. “

Pizzi também cobrou foco para o próximo jogo, que pode definir o futuro dos sauditas no Mundial, e reforçou que a sua Seleção pode apresentar um futebol melhor que o de hoje.

“Tenho uma filosofia de fazer o melhor possível, transmitir o melhor para meu elenco. Confio plenamente no que foi feito até agora, no que podem fazer os jogadores e que teremos uma melhor performance na próxima partida. Não posso tomar como referência a partida de hoje. Não estivemos nem perto do que podemos fazer, mas a urgência da próxima partida nos cobra um estado de ânimo de otimismo. “

Os próximos jogos da Arábia Saudita na Copa do Mundo são contra o Uruguai, dia 20 (quarta-feira), e contra o Egito, dia 25 (segunda-feira).

Coloque o inglês para jogo! A Fisk desenvolve as melhores ferramentas para que você faça vários gols de mestre! Saiba mais sobre os cursos aqui.

Jogador da Arábia Saudita pede desculpas ao povo após sofrer goleada