Extra-campo

“Cadê o Vitas”? Internautas lamentam ausência de cantor russo na Copa

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Imagem: Reprodução

Uma figura ganhou notoriedade nas redes sociais em comentários sobre a abertura da Copa do Mundo por sua ausência no evento: O cantor russo Vitas, que no Brasil inspira milhares de memes, era uma atração musical muito esperada pelos fãs brasileiros, mas até o momento, não realizou aparições publicas no Mundial.

A hastag “Vitas” ficou a maior parte da manhã entre as mais comentadas, e “Cadê o Vitas” ficou em quinto lugar nos trending topics do Twitter. Entre as postagens, muitos lamentos pela ausência no cantor no evento e memes com decepções e expectativas por uma aparição, mesmo que fosse rápida. A cantora Shakira, conhecida por suas participações em aberturas da Copa também foi lembrada, através de montagens que a colocaram ao lado do cantor russo no palco.
Vitaliy Vladasovitch Grachyov, mais conhecido pelo nome artístico Vitas (ou Витас, em russo), de 39 anos, é cantor, autor, compositor e ator. Suas músicas, algumas com ritmos eletrônicos dançantes, tem letras em russo. Ele nasceu na Letônia e cresceu em Odessa, na Ucrânia. Suas performances na banda DIVA incluem figurinos desenhados por ele mesmo. O sucesso na Rússia iniciou nos anos 2000; na China, recebeu o apelido de “Príncipe da Voz de Golfinho”.

No Brasil, ficou conhecido por infinitos memes, geralmente envolvendo o hit musical “The 7th Element”, que ganhou notoriedade através de buscas e compartilhamentos na Internet. Ele responde o público brasileiro através de suas redes sociais oficiais, onde recentemente postou fotos com roupas da cor da bandeira do Brasil. Em 2017, o Spotify divulgou uma nota, afirmando que suas músicas tiveram um crescimento de audições na plataforma em 187%. Apesar de todo o sucesso, seu nome não foi citado oficialmente como uma das atracões da Copa.

FIFA veta presença do ‘Canarinho Pistola’ na Copa do Mundo

Após sucesso nas redes sociais, CBF lança “Canarinho Pistola” em pelúcia

Catuaba Selvagem lança embalagem que vira vuvuzela para a Copa