‘Wonderboy’ Thompson pede proibição de golpe após lesão no UFC Liverpool

O MMA já tem uma série de golpes proibidos por diversas razões, muitas delas por motivos de segurança. Stephen Thompson, lutador peso médio do UFC, agora quer a proibição de um outro golpe: chutes que atingem a região do joelho.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC Brasil

Em entrevista ao site BJPenn.com, ‘Wonderboy’ afirmou que deseja ver tal golpe proibido ao culpar chutes feitos desta maneira por Darren Till na luta entre ambos no UFC Liverpool que o levaram a ter lesão nos ligamentos do joelho.

“Teve uma coisa que me atrapalhou a luta inteira, que foram aqueles chutes no joelho. Um deles foi meio do joelho no primeiro ou no segundo round, acho que foi no segundo. Eu ouvi aquilo quebrar ou romper alguma coisa e, com certeza, me atrapalhou muito durante a luta. Me preocupei que, se levasse outro chute ali, a luta poderia acabar. E também a minha carreira. Seria horrível romper os ligamentos do joelho de novo. Mas depois de ver a luta, há sempre algo novo para ver e corrigir”, declarou Thompson.

“Rompi o ligamento na luta com o Darren (Till). Fiz os exames, mas felizmente tudo deu certo. Não há outras lesões, mas terei de ficar fora oito semanas antes de poder voltar a treinar. Sinceramente, acho que é um golpe que deveria ser banido. Pode encerrar a carreira de alguém. O Robert Whittaker teve que fazer cirurgia no joelho depois de levar uns chutes na primeira luta dele contra o Yoel Romero. E você viu que o Robert quis vencer o Yoel do começo ao fim. E é um golpe muito perigoso. Sei que muitos lutadores fazem isso, como o Jorge Masvidal. Mas quando lutamos, ele deu aqueles chutes para me deixar longe dele. Não para me machucar. Mas quando enfrentei o Till, vi que talvez ele quisesse me lesionar, quebrar o meu joelho. Foi assim como me senti. Acho que é um golpe horrível e deveria ser proibido”, disse.

LEIA MAIS

Nutricionista fala sobre polêmica em corte de peso de Yoel Romero

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial UFC Brasil)