Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Anderson Silva aceita acordo com USADA e pode voltar em novembro

Anderson Silva deve voltar a lutar pelo UFC no final do ano. O lutador aceitou um acordo com a Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA) de suspensão de um ano por uso de substância proibida e está liberado para retornar aos octógonos em novembro.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Twitter Oficial do UFC

O jornalistas Ariel Helwani, da ESPN americana, publicou a notícia depois confirmada em nota publicada pelo site da USADA. O ‘Spider’ havia sido pego em teste antidoping no final de outubro com metiltestosterona (testosterona sintética) e com hidroclorotiazida em seu organismo, antes da luta que faria contra Kelvin Gastelum no UFC Xangai,

Segundo a investigação, Anderson conseguiu comprovar que a origem das substâncias veio de um suplemento contaminado. O suplemento teria sido comprado de uma farmácia de manipulação no Brasil, que veio com as substâncias dopantes presentes no organismo do lutador. O caso é semelhante ao de Junior Cigano, Rogério Minotouro e Marcos Pezão, que também foram pegos no antidoping mas liberados com a comprovação de que estes tinham sido contaminados.

“Estes últimos nove meses tem sido difíceis para mim. Senti que minha carreira toda e tudo o que fiz estava em xeque. Sabia que não tinha feito nada de errado e cooperei integralmente com a USADA durante o processo de investigação. Estou feliz por ter meu nome limpo e restaurar minha credibilidade”, disse Anderson Silva em comunicado emitido à imprensa.

A suspensão do ‘Spider’ é retroativa e se inicia em 10 de novembro de 2017. Com isso, a partir de novembro poderá ser elegível para poder retomar sua carreira. Sua última luta foi em fevereiro de 2017.

LEIA MAIS

Jake Ellenberger ganha nova chance diante de Bryan Barberena no UFC Fight Night 135

Nicco Montaño defende cinturão contra Valentina Schevchenko no UFC 228

(Crédito da foto: Reprodução/Twitter Oficial do UFC)

As melhores notícias de esportes, direto para você