Andrey cita altitude como principal dificuldade do Vasco na derrota para a LDU

O Vasco foi derrotado pela LDU na primeira partida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Além do tradicional adversário do continente, a equipe carioca enfrentou também a altitude de 2.850m de Quito, o que, segundo o volante Andrey, atrapalhou o rendimento do cruz-maltino.

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Rafael Ribeiro/Vasco

“Acho que tivemos muitas dificuldades para respirar aqui, parece que te deixa um pouco lento… Acho que fizemos um bom jogo, até pela viagem cansativa que foi, também depois do jogo contra o Grêmio, jogando desde os 30 minutos com um homem a menos. Tenho certeza que esse jogo de volta dentro de São Januário será muito importante, a torcida vai encher o caldeirão e lá vamos virar”, disse o volante ao Sportv.

A LDU abriu uma vantagem de dois gols logo no início da partida com Anangonó e Jhojan Julio, aos 8 e aos 20 do primeiro tempo, respectivamente. O Vasco diminuiu no inicio da segunda etapa com um gol de pênalti anotado por Thiago Galhardo, mas aos 42 deixou os equatorianos abrirem mais um gol, mais uma vez com Anangonó.

“Como eu disse, aqui a bola corre muito, nós não estamos acostumados. A equipe da LDU soube aproveitar isso, eles colocaram dois pontas rápidos e estavam fazendo cruzamentos para o centroavante deles que é muito grande. Eles usaram esse fator para se favorecer, nossa zaga até tirou várias bolas, mas infelizmente uma ou outra passou”, completou Andrey.

LEIA MAIS:
VEJA 4 LIÇÕES QUE O VASCO DEVE TIRAR DA DERROTA PARA A LDU