Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-dirigente gremista critica Alisson depois de eliminação do Brasil na Copa

O futebol brasileiro amarga nesta sexta-feira uma dolorosa e até inesperada eliminação da Copa do Mundo. Em Kazan, na Rússia, a Bélgica mostrou sua força e bateu os brasileiros pelo placar de 2×1. Para o ex-dirigente gremista Odorico Roman, o goleiro Alisson foi um dos culpados pela queda do Brasil.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/CBF

Alisson, que sequer precisou praticar grandes defesas nos jogos anteriores, não evitou o gol contra de Fernandinho e o gol de De Bruyne, ambos no primeiro tempo. No Twitter, Roman publicou:

“Revendo gols… Se goleiro pudesse usar as mãos para defender, a função seria muito facilitada”, escreveu.

Veja a postagem:

 

Ao final do jogo, o próprio Alisson comentou em entrevista o lance específico de escanteio que gerou o gol contra de Fernandinho, substituto de Casemiro na partida de quartas de final:

“O que dá mais raiva é isso, o gol de bola parada. Quando a gente erra algum movimento, faz alguma coisa errada, é até mais fácil de aceitar. Mas ali teve o cruzamento e o desvio do Kompany, a bola ainda bateu no braço do Fernandinho e acabou impossibilitando a defesa. Isso é o mais difícil de aceitar”, destacou o ex-jogador do Inter.

Por ironia do destino, a campanha brasileira em 2018 chega a ser inferior ao time de 2014, que mesmo tomando 7×1 da Alemanha chegou às semifinais. Bélgica e França farão uma das semifinais.

LEIA MAIS:

Ele chegou: Sarrafiore desembarca em Porto Alegre e veste a camisa do Inter

Três pendências a serem resolvidas por Odair Hellmann na volta do Inter ao Brasileirão

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud