Khabib Nurmagomedov sobre luta com McGregor: “Se quiser perder e ganhar dinheiro, assine o contrato”

Campeão peso-leve do UFC, o russo Khabib Nurmagomedov desbancou todos os seus adversários no MMA profissional desde o início de sua carreira, e, nos dias atuais, o lutador da American Kickboxing Academy tem em mente, um único alvo, o irlandês ex-campeão peso-pena e peso-leve Conor McGregor, que já não entra em ação no octógono mais famoso do planeta há quase dois anos, já que quando conquistou o título ao nocautear o norte americano ex-campeão do Bellator e UFC Eddie Alvarez em novembro do ano de 2016, no histórico evento de número 205 da franquia presidida por Dana White.

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Jeff Bottari | Getty Images | Zuffa LLC.

No meio deste embroglio todo, ainda há mais uma pessoa aguardando pela oportunidade de enfrentar Khabib Nurmagomedov, o norte americano ex-campeão interino da divisão ate 70 kg Tony Ferguson, que já teve datada um embate com o ‘The Eagle’ por diversas vezes, que foi cancelado em todas as oportunidades, porém, parece que o russo quer mesmo encarar o irlandês.

Foi em entrevista ao canal “Anatomy of a Fighter” que Khabib Nurmagomedov reafirmou que seu desejo é mesmo de encarar Conor McGregor.

“Se eles quiserem ganhar dinheiro, vamos lá! “Khabib contra Conor”, “país contra país”, “fãs contra fãs”. Será algo muito grande, uma das maiores lutas de todos os tempos. Acho que seria a maior luta da história do UFC. Sem ônibus e outras coisas. Só temos que lutar, mas acho que o UFC não consegue definir essa luta. Acho que quem decide é Conor. Se ele quiser perder e ganhar dinheiro, só precisa dizer “sim”, assinar o contrato e voltar, porque as pessoas já esqueceram quando ele lutou pela última vez. Se não for contra Conor ou contra GSP, acho que o vencedor de Alvarez vs. Poirier”, disse.

Leia também no TORCEDORES.COM:

Quando indagado sobre uma possível luta diante de ‘El Cucuy’ Ferguson, que passou recentemente por cirurgia, o russo foi categórico e não descartou enfrentá-lo.

“Sobre Tony Ferguson, eu não sei. Ele acabou de passar por uma cirurgia. Se ele puder lutar, por que não? Tony Ferguson é o maior desafio para mim na divisão. É o tipo de luta que eu quero, que as pessoas e os fãs querem. Não tenho informações sobre ele estar ou não saudável. Se estiver, vamos lá. Estou pronto para setembro, para outubro… Treino o tempo todo e estou aqui para defender o meu cinturão. Estarei pronto para vencer quem o UFC me der como adversário”, finalizou o campeão.