Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Marinho é a 5ª contratação mais cara da história do Grêmio; veja a lista

Marinho

Foto: Reprodução/YouTube

Apresentado oficialmente na última sexta-feira, Marinho foi o quinto maior investimento da história do Grêmio. Por cerca de 2,5 milhões de dólares – 9,5 milhões de reais na cotação atual -, o jogador foi adquirido junto ao Changchun Yatai da China por um contrato até o final de 2021.

Somente quatro outros jogadores foram mais caros para o clube que Marinho e a curiosidade é que um deles também foi comprado nesta temporada: o centroavante André, que valeu aproximadamente 10 milhões de reais.

“O esforço pra trazer o André e o investimento agora pelo Marinho, são posições que o Grêmio entende que estava precisando e com certeza foi uma escolha, um negócio responsável. Tudo que a gente faz aqui, e essa administração tem se pautado nisso, é com bastante responsabilidade. A gente tem sucesso na venda de jogadores que propicia e o sucesso dentro de campo também”, explicou o diretor-executivo André Zanotta, também na sexta, durante a apresentação do novo reforço.

Vale lembrar que o Grêmio, em 2017, acumulou “caixa” em diferentes frentes: com vendas de jogadores e de premiação com o título da Libertadores. No início do ano, Walace foi vendido ao Hamburgo por 31,3 milhões de reais e Pedro Rocha, em agosto, foi negociado ao Spartak Moscou por 45,2 mi, naquela que foi a venda mais alta da história tricolor.

Confira Top-6 das contratações gremistas – valores na moeda brasileira.

1. Miller Bolaños – 19,4 mi, em 2016
2. Giuliano – 15 mi, em 2014
3. Marcelo Moreno – 14,5 mi, em 2012
4. André – 10 mi, em 2018
5. Marinho – 9,5 mi, em 2018
6. Souza – 8 mi, em 2013

LEIA MAIS:

Novo Arthur? Volante se destaca, ameniza comparação e foca no Grêmio: “Quero ficar por muito tempo”

Direto da seleção, Geromel vibra com volta de Douglas: “Nosso maestro”

Douglas retorna aos gramados, diz estar 100% e comemora volta ao Grêmio: “É maravilhoso”

Gostou da matéria? Siga o autor:

No YouTube

No Instagram

No SoundCloud

Leia mais:

Sair da versão mobile