Minas Icesp-DF vence o Vitória nos pênaltis e conquista o Brasileiro Feminino A2

O Minas Icesp-DF conquistou, na tarde de ontem, 12, o Campeonato Brasileiro Feminino Série A2 de 2018. Depois de empate em 2×2 com o Vitória, na ida, em Salvador, a equipe do Distrito Federal, estreante na competição neste ano, venceu nos pênaltis, após 0x0 no tempo normal, no estádio Maria Abadia, em Ceilândia (DF).

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Cláudio Bispo/Minas Icesp-DF

A partida, assim como aconteceu nos primeiros 90 minutos, foi movimentada. Diante de seu torcedor, o Minas tentou tomar a iniciativa do jogo. Do outro lado, o Vitória levava perigo pelos lados do campo. A melhor chance da etapa inicial foi das baianas, com Lorena finalizando por cima, aos 23 minutos.

No segundo tempo, o Minas voltou pressionando. Aos cinco minutos, a zagueira do Vitória Any quase marcou contra, obrigando a goleira Yasmin a impedir que a bola entrasse. Depois do início ruim, as Leoas melhoraram, equilibraram o confronto e ainda quase abriram o placar. Com 33’, Kris fez grande defesa, em tentativa de Dan, e salvou a equipe da casa.

Nas cobranças alternadas, a goleira Kris voltou a brilhar, pegando o último pênalti, e garantindo o 4×3 e o título para o Minas. As duas equipes finalistas conseguiram acesso para a Série A1 de 2019.

“Para a gente é um sonho, tudo o que realizamos até hoje. Se não tivéssemos ganho o título, também seria mais do que um sonho. Já tínhamos a vaga da A1. Ninguém acreditava, nem mesmo a gente. Foi o primeiro campeonato nacional que a gente disputou. Achávamos que nem íamos chegar na semifinal. É uma sensação muito”, disse a atacante campeã Laíssa, à CBF TV.

“Agora é focar no Estadual. Só deu uma parada, mas vamos voltar à atividade. Primeiramente vamos comemorar. Estamos muito felizes pelo acesso e pelo título. Foi fruto de um trabalho duradouro, que está sendo feito desde 2012. A todo momento acreditamos que seria possível. A gente trabalhou. Acreditamos nas nossas meninas de Brasília“, disse Nayeri Albuquerque, presidente do Minas Icesp-DF.

“Agora vamos pensar adiante. Claro que sabemos que a responsabilidade é maior, que tudo é dobrado. Mas vamos procurar estudar a forma que vamos trabalhar ano que vem”, completou a mandatária.

Veja imagens da festa do Minas após conquistar o Brasileiro Feminino A2!

LEIA MAIS:

VADÃO CONVOCA SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA PARA TREINAMENTOS; VEJA A LISTA

RECUPERADA DE LESÃO, CAMILINHA VIBRA COM VOLTA AOS GRAMADOS NO ORLANDO PRIDE